web analytics
FILMES & SÉRIES,  Orgulho e preconceito

Mensagem para vocês – Parte 1

Quem lembra das fotonovelas? Não importa. Resolvi fazer “uma” com o filme You’ve Got Mail | Mensagem para você. Este foi um dos primeiros filmes, pelo o que me lembro, que mostrou a internet como meio de namorar usando o serviço de e-mail.

Aproveitando que gosto muito deste filme e estamos lendo Orgulho e preconceito no grupo Chá com Jane Austen, fiz três posts com as partes que mencionam o livro: as imagem com texto em inglês e logo abaixo tradução (minha) dos diálogos.

O primeiro post é um e-mail de Kathleen Kelly (Meg Ryan) para Joe Fox (Tom Hanks) no qual ela “confessa” que lê e admira Orgulho e preconceito. Pelo título do e-mail, “Confession”, ela parece com receio de expor suas leituras. Ele, por outro lado, “esconde” o fato de não conhecer ou não ter lido Jane Austen. Mais tarde, redime-se, tomando uma cervejinha e esforçando-se em ler livro tão adorável!

Mensagem para você, a confissão

Eu já li Orgulho e preconceito umas duzentas vezes. Fico perdida na linguagem. Palavras como… “acolá”… “desdita”… “ventura”…

Eu fico sempre angustiada se Elizabeth e Mr. Darcy… se realmente vão ficar juntos no final.

Leia. Eu sei que você vai adorar.

Traduções: mea culpa.

Facebook Comments

8 Comentários

  • Elaine

    Raquel, esse é um daqueles filmes que não me canso de assistir. Ele começa a ler o livro por causa dela, mas parece que acha tudo um tédio. (rs) A propósito, tenho essa edição que o Tom Hanks tem em mãos. Apesar de não gostar muito de edições com capas de filmes e séries, essa eu achei particularmente charmosa, e não pude resistir.

    Beijos.

  • Luciana

    Não me lembro agora onde, mas li que o próprio “Mensagem pra você” é baseado em Orgulho & Preconceito. Ela é a moça de classe inferior (tem uma pequena livraria de bairro) e ele é o herdeiro d eum grande império (a cadeia Fox de livrarias). E aí o resto a gente sabe né?

  • Raquel

    Elaine
    Eu entendo a parte de vendas, mas também não gosto de capas com imagens dos filmes. Fiquei curiosa para saber de qual editora é seu exemplar.

  • Raquel

    Luciana,
    o filme foi inspirado em outro filme, que por sua vez foi inspirado em uma peça de Miklós László. Veja o post que fiz a respeito aqui. Mas não resta dúvidas que as coincidências são grandes!

  • Raquel

    Elaine Dashwood
    o que nos moverá para assistirmos vezes um filme ou ler um livro?