web analytics
MISCELÂNEA,  Orgulho e preconceito

Um sarau com Jane Austen

Esta apresentação da música Piercing Eyes com a soprano Catherine Swanson e Samuel Kopp  ao piano) faz parte da performance, “An Evening Entertainment with Jane Austen”. A música é  de Joseph Haydn (1732-1809) sobre o texto de Anne Hunter (1742-1821) e para completar o piano é um autêntico Broadwood de 1815.

O piano é denominado “square piano” e tem toda sua descrição técnica na Wikipedia (em inglês somente). Algum leitor/a do blog saberia o tradução correta?

Sabe o que me chamou a atenção? O nome da música, um misto dos “fine eyes” e “you pierce my soul”. Elizabeth e Anne, um sarau em ótima companhia, deveras!

PIERCING EYES (Anne Hunter)
Why asks my fair one if I love?
Those eyes so piercing bright
Can ev’ry doubt of that remove,
And need no other light.

Those eyes full well do known my heart,
And all its working see,
E’er since they play’d the conq’ror’s part,
And I no more was free.

Facebook Comments Box

2 Comentários

  • Marcia Caetano

    Raquel, parece-me que não há tradução para este piano, tenho um livro também que o menciona como square piano. Aqui nesse site, você pode ver que ele é chamado assim: http://www.kerstenpianos.com/historia.php. Temos hoje o “piano de armário”, mas você pode ver que ele surgiu muito tempo depois do square piano e as cordas do piano de armário são perpendiculares, o que tem um efeito totalmente diferente. Eu gostaria muito de ter um “square piano”, eu já toquei em um uma vez em um museu e o som dele é bem mais parecido com o do cravo do que com o do piano mesmo. Mas talvez fosse o modelo que eu toquei.

    • Raquel Sallaberry

      Márcia,

      que maravilha! Tocou piano em um museu? Lembrei (agora vejo você em filmes…) da cena de Ripley depois de matar meio mundo ouvir embevecido a namorada tocando um clavicórdio (eu creio) que ele havia mandado restaurar especialmente para ela. Num lugar lindo da Itália, que não recordo no momento.

      Vou anotar esse site sobre pianos, dica preciosa. Muito obirgada!