Orgulho e preconceito | Guerra e Paz

A editora portuguesa Guerra e Paz lança nova tradução de Orgulho e preconceito no bicentenário da morte de Jane Austen. O livro chegará às livrarias a partir de 6 de setembro. O tradutor é Diogo Ourique.

Tomei conhecimento desta edição lendo os comentários de Vera Santos, do Jane Austen Portugal e que já escreveu como leitora-convidada aqui no Jane Austen em Português. Vera não gostou nem um bocadinho da capa.

Eu confesso que não me desagradou e que já vi capas de arrepiar os cabelos. Aguardemos para ver o que as meninas de Portugal dirão desta nova tradução.

Eis a capa, o que vocês acham?

Orgulho e preconceito Guerra e Paz

Orgulho e preconceito Guerra e Paz

 

13 comentários sobre “Orgulho e preconceito | Guerra e Paz

    • Raquel Sallaberry Brião disse:

      Aline,
      gosto de faixas para títulos mas esta ficou larga demais e não precisava ser branca. A capa ficou interrompida, por assim dizer.

  1. Luiz Henrique disse:

    Não gostei muito da capa não.
    Estranho também um pouco a tradução portuguesa da primeira frase do livro como “precisa” em vez de deve estar precisando’ ou “deve precisar”, mas vi aqui no blog que outra tradução anterior já era assim. São as diferenças transoceânicas da nossa língua, mas acho que as traduções brasileiras pegam mais o clima da frase.
    Bjs!

    • Raquel Sallaberry Brião disse:

      Luiz Henrique,
      nem me detive na frase. Um instante, vou olhar outra trad. portuguesa que tenho aqui… Menino, tenho uma primeira frase aqui muito diferente de todas! Vou fazer o seguinte, um post, Combinado?

      • Luiz Henrique disse:

        oba! 😉

        caracteres aleatórios para completar o mínimo de dez 😀

      • Luiz Henrique disse:

        nessa nossa era de emojis e mensagens supercurtas, acaba sendo necessário 😉
        bjs!

  2. Júnior disse:

    Oi Raquel. Há quanto tempo não comento aqui.

    Gostei da capa dessa edição portuguesa. Me lembrou aquelas outras que também tem pavões e que já vi aqui no blog. Digamos que este, apesar do cor, é mais discreto (risos).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *