web analytics
LIVROS,  NOVELAS INACABADAS,  Sanditon

Oh! pobre Sanditon…

Quando folheava a minha nova coleção da Penguin Classics Clothbound, meu olhos foram direto para a Cronologia e o que vejo? A querida Sanditon grafada como “Sandiston”! O erro ocorreu somente nos exemplares de Northanger Abbey e Persuasion.

Pobre Sanditon… Não bastava a quantidade de gente que escreve (e fala!) “Sandition”?

Está claro que foi um erro no arquivo o que pode ocorrer com qualquer um e tenho certeza que a Penguin tem o maior cuidado com seus textos, mas sempre escapa um diabinho! Como diagramadora estou até agora fazendo conta de cabeça para saber como esse erro específico aconteceu. Ainda não consegui entender como esse “s” foi parar aí.

sandiston

6 Comentários

  • Mell

    E eu como revisora estou pensando no pobre revisor, cego de tanto ler, que deixou passar o “s”!

    • Raquel Sallaberry Brião

      Mell,
      pelo que pude ver esse texto está pronto há muito tempo e não precisaria de revisão portanto deve ter sido uma mancada do diagramador. Mas como o diagramador fez isso é o que me intriga!

  • Raquel Correia

    Sei que quando (nós fans) vemos um erro ficamos doidos, mas com tantas traduções e revisões de livros mal feitas, esse erro meio que some em frente a qualidade do restante, até por que a tradução deve ser um trabalho bem difícil, uma vez que cada língua cria frases e ideias que só fazem sentido na própria língua.

    • Raquel Sallaberry Brião

      Raquel,
      concordo contigo que tem traduções de chorar, sem contar os plágios, mas neste caso além de não ser uma tradução o erro não me parece de revisão, mas de diagramação.