web analytics
LIVROS JANE AUSTEN,  Orgulho e preconceito

Mr. Darcy declara-se pela última vez

E Elizabeth aceita. Ou vem cá, meu filho… Ótima interpretação de texto – simplesmente adorei, Palnk! Muchas gracias por la autorización para publicar su hermoso diseño.

Pride_and_Prejudice_by_palnk

— Tenho certeza de que é generosa demais para fazer pouco caso dos meus sentimentos. Se os seus são ainda os mesmos que manifestou em abril passado, diga-o imediatamente. Minha afeição permanece  inalterada; basta porém uma única palavra sua para fazer que me cale para sempre.

Elizabeth, sentindo a difícil e aflitiva situação em que Darcy se encontrava, esforçou-se para falar. Embora de forma hesitante, deu-lhe a entender imediatamente que os seus sentimentos tinham passado por tão grande transformação, desde aquele período a que ele aludira, que agora podia aceitar as suas declarações com prazer e gratidão. | Trad. Lúcio Cardoso

PS: Mell, mais uma vez, muito obrigada pela dica.

Facebook Comments Box

19 Comentários

  • Mell

    Que isso! de nada! 😉

    é muitooo fofo mesmo! a pessoa muitissimo talentosa tb!

  • Júnior

    Olá Raquel,

    Antes de qualquer coisa, gostaria de parabenizá-la pelo seu excelente blog! É um verdadeiro achado para os admiradores da vida e obra de Jane Austen.
    Há algum tempo atrás, pedi uma sugestão a você sobre uma edição confiável de “Orgulho e Preconceito” (não sei se você se recorda…) e você me respondeu prontamente. Pois bem. Após um certo tempo adquiri a obra com a elogiada tradução de Lúcio Cardoso e já estou além da metade do livro (mais especificamente na parte da carta de Mr. Darcy, após o capítulo memorável da recusa de Elizabeth).
    Estou adorando a leitura e também fascinado pela história, sobre a qual eu já possuía conhecimento através do seu blog e do filme de 2005. Aliás, foi esta admirável produção de Joe Wright que estimulou meu interesse pela obra de Jane Austen.
    Decidi que vou ler todas as obras desta excelente autora e continuarei acessando seu ótimo blog, que aliás conheço há bastante tempo. Não havia feito comentários anteriormente simplesmente por não ter muita bagagem acerca de Jane Austen. Mas agora que sou – com muita satisfação – um leitor de Jane Austen posso participar mais.
    Parabéns novamente e que o “Jane Austen em português” continue assim: excelente!

    • Raquel

      Júnior,

      muito obrigada, lembro de seu pedido, sim.
      Fico muito contente que você esteja gostando de Orgulho e preconceito e seja bem-vindo para contar sobre sua leitura de Jane Austen!

    • Raquel

      Elaine,
      verdade…
      Bem, posso mudar minha frase para “vem cá, meu louro”.

  • Amora Terra

    Reconheci o diálogo na hora! Sem dúvida essa é a parte mais emocionante do livro para mim!

  • Lori

    Ahh linda essa parte, quando assisti o filme! Matthew Macfadyen é perfeito neste papel, com seu jeito durão e forte de ser, e Keira como uma moça que jurava que não ia se encantar por homem algum, acabam se amando lindamenteee é linddoo , é de se emocionar!

  • Elaine Santana

    Tinha visto essa imagem uma vez na internet e ri muito. É muito fofa. =p

  • Karen

    Ohhhh!!! Hahahahahha 😀 😀 😀

    Muuuito legal! Simplesmente adorei o trabalho dessa talentosa moça! Sem falar que ela representou, em seu desenho, muito do que vários leitores de Jane Austen gostariam de ver em seus livros… alguns beijinhos e abraços… xD