web analytics
MISCELÂNEA,  Orgulho e preconceito

Jane Austen no The Economist

Quem diria, nossa Jane Austen sendo citada no The Economist. Está lá no Facebook no “quote of the day”. Well done!

A frase é de uma conversa, no capítulo 17, entre a sempre boazinha Jane Bennet, autora da frase, e sua racional irmã Elizabeth. Elas falam sobre a Wickham, que muito espertamente conseguiu convencer Lizzy que Darcy o havia roubado em seus direitos sobre um cargo eclesiástico deixado pelo falecido pai de Darcy.

Jane tenta defender Darcy e também Wickham, dizendo que é possível que pessoas interesseiras tenham tentado intrigar ambos. Elizabeth concorda, mas pergunta a Jane o que diria em defesa destes supostos interesseiros, já que ela acha que todo mundo é bonzinho, ou teriam que afinal pensar mal de alguém, ao que Jane responde:

“Laugh as much as you choose, but you will not laugh me out of my opinion.”

E que transcrevo a seguir em quatro traduções brasileiras e três portuguesas:

Pode rir quanto quiser, mas não me fará desistir das minhas opiniões. Lúcio Cardoso

Ria o quanto quiser, mas não me fará desistir da minha opinião. Laura Alves e Aurélio B. Rebello

Zombe o quanto quiser, mas sua zombaria não me fará mudar de opinião. Celina Portocarrero

Você pode brincar quanto quiser, mas suas risadas não me farão mudar de ideia. Alexandre Barbosa de Souza

Troça à tua vontade, mas, se pensares bem, serás da minha opinião. Leyguarda Ferreira

Poses troçar à tua vontade, mas não conseguirás com isso modificar a minha opinião. J. Almeida Pinto

Ri-te à vontade, mas não me farás mudar de opinião. Nuno Castro

Jane Austen, The Economist