web analytics

“Quanto mais se lê Jane Austen, tem como não se apaixonar de novo e de novo por suas histórias…  tipo de missão impossível!”

Este é o comentário de uma Janeite e leitora do Jane Austen em Português, a Evana Andrielli de Souza. Ler e não amar Jane Austen é missão impossível!

Os quatro exemplares de Mansfield Park, tradução de Rachel de Queiroz, são apenas uma fração de minha paixão por Jane.

O primeiro exemplar com a lombada esfarelada (de tanto uso) ganhei de minha amiga Leticia. O segundo é uma edição de 1958, mas acontece tempos depois encontrei a mesma edição com capa dura, e claro está que comprei. Quando por fim achei outro exemplar do primeiro (da editora Global) com a capa inteirinha…

Não preciso falar mais nada, não é?!

 

Views: 78

Artigos recomendados

4 comentários

  1. Pois é Rauel, é complicado ler um livro da Austen
    sem querer ler outros, e pior (para nossos bolsos,rs) é quando
    queremos as melhores edições dos livros, e ficamos com algum titulo repetido,kkk, até hoje não sei o que fazer com o meu exemplar de R&S, da Martin Claret! ^^

    1. Fernanda,

      vamos ter que nos tratar – todas! – numa clínica para viciados em livros!

  2. Olá Raquel!

    Que sorte a sua ter exemplares com tradução da Raquel de Queiroz! Mansfield Park com ela, só garimpando em sebos e olha lá… Rs!

Comentários estão encerrado.