web analytics
FILMES & SÉRIES,  LIVROS JANE AUSTEN

Importante – filmes e livros gratuitos

Tenho aos poucos modificado e acrescentado informações que julgo importante nas páginas principais do blogue. Dois assuntos são recorrentes nas buscas, nos comentários e nos e-mails:  filmes e livros traduzidos para o português gratuitos. Coloquei então os seguintes avisos nas páginas principais sobre filmes e sobre livros:

  1. Não conheço nenhuma tradução, portuguesa ou brasileira, dos livros de Jane Austen que já esteja no domínio público e que possa ser publicada e distribuída na íntegra, gratuitamente e de forma legal.
  2. No Jane Austen em português não são divulgados links de torrents e similares, mídias ilegais e/ou controversas perante a lei e plágios/plagiadores contumazes. Se estiver na dúvida se seu comentário poderá ou não ser publicado entre em CONTATO.

Considerações:

  • Traduções – acho uma coisa horrorosa a nossa Lei de Direito Autoral, n. 9610 de 1998 com seus prazos imensos, mas será cumprida enquanto esta for a lei. Há projetos para modificá-la e espero sinceramente que se consiga aprovar.
  • Plágios e plagiadores – não darei publicidade aqui no Jane Austen em português para quem plagia e não só os livros de Jane mas também outras traduções de livros e textos de um modo geral. Plágio é crime, divulgar também. Mesmo que venham a traduzir efetivamente outros livros, enquanto não desfizerem os plágios existentes como determina não só a lei como também a vergonha na cara, aqui não será divulgado.
  • Torrents de filmes – nunca sei quem é quem, ou se é legal ou não – então não publico.
  • YouTube – eventualmente coloco os pequenos filmetes pois sei que se forem ilegais eles mesmo retiram do ar.

Entendo perfeitamente a necessidade das pessoas de obterem informação, sei das dificuldades e das situações absurdas para se adquirir coisas mínimas e cada um age da forma que achar mais adequada e isto certamente não é da minha conta. Aqui no Jane entretanto, não posso e nem pretendo ser penalizada por erros alheios e ignorância própria, portanto estabeleci os limites acima.

Adoro essa musiqueta!

Facebook Comments Box

12 Comentários

  • Leticia

    Muito bem Raquel! O que se faz na vida privada é do alvitre de cada um, e, na seara dos direitos, muitas vezes não é previsto em lei.

    Quer escanear um livro pra uso próprio? Fica lá, no lesco-lesco digital, embora haja controvérsias sobre o custo-benefício. Seria mais honesto levar esse tempo trabalhando honestamente e ir gastar seu dinheirinho na livraria.

    Mas comercializar livro escaneado, tradução ROUBADA ou filme pirateado? É o fim da picada da miséria do rebotalho humano! É o mesmo que dizer: “Tá, gente, estou tentando convencer os outros que sou esperto e que vocês podem ser espertos também, quando na verdade sou uma derrota ambulante e quero que todos se pautem pela minha pequenez”.

    Danem-se os dicursos animadinhos e capciosos. Danem-se as coisas vantajosas! Plágio e cópia pirata é crime e ponto!

    Aproveita o fake geral e vai fazer lipoaspiração em clínica fundo de quintal. Depois não reclama da própria imagem.

  • Ariza

    Oi estava pesquisando sobre os melhores livros de Jane Austen e acabei achando seu site, sei que não tem nada haver com o post, tentei até procurar através do search e não encontrei, mas nunca li um livro de Jane Austen, vc poderia indicar o que vc considera o melhor? Quem sabe um filme tbm, sem saber já assisti alguns, e nem reparei que era adaptações.

  • Ariza

    Muito Obrigado começarei o mais breve possível, já assisti o filme e gostei muito, só posso esperar uma maravilhosa estória de amor agora.
    Continuei dando uma pesquisada e achei uma lista feita por editores e escritores sobre os melhores livros e Orgulho e Preconceito ficou em 4º.

    • Raquel

      Rubens,

      obrigada. Não preciso dizer que quando li o nome de seu site o que primeiro vislumbrei foi minha cartilha: Saritas e seus amiginhos, que lamentavelmente perdeu-se nas inúmeras mudanças!

  • Israel

    O valor de um escritor está em sua obra, não no valor de venda de seus livros. Quem baixa livros na internet sabe que não é fácil, ler no computador também não é muito agradável. Isso quer dizer apenas uma coisa: quem baixa livros na internet o faz porque precisa, por falta de dinheiro mesmo. Ou seja, esse dinheiro jamais iria para o bolso do autor, então ele não perde nada, porém quem lê ganha e muito.

    Um resultado das cópias de conteúdo na internet é a divulgação do mesmo, se o autor for realmente bom, o sujeito que baixa livros, quando tiver condições, comprará, sim, um livro e o indicará aos amigos. Tudo bem que 1 livro não seja caro demais, mas 4 livros em um mês (o que não é muito) podem custar em média 130 reais, o que já é algo fora da realidade para a maioria dos brasileiros.

  • Raquel

    Israel

    o valor do escritor está em sua obra e seu sustento em sua venda pois ninguém vive de vento.

    Quem tem um computador e assina banda larga e desse modo poder baixar arquivos, pode comprar livros. E mais, acessar sebos virtuais com preços baixíssimos.

    Quem lê quatro livros por mês certamente frequenta bibliotecas, pede livro emprestado e de presente para amigos etc.

    A maioria dos brasileiros não lê mais do que um livro por ano – e não é por falta de dinheiro, é por falta de gosto mesmo.

  • Suely Mutton

    Oi Raquel, tudo bem?
    Vi a foto da luva no seu blog e devo dizer que casei com uma luva de crochê linda e extremamente delicada que guardo até hoje comprada numa loja de noivas na 25 aqui em SP.Só uma curiosidade e pra quem quizer,tentar percorrer a 25 e procurar.
    Parabéns pelo seu blog.
    Um abraço
    Suely