web analytics

Every savage can dance.

Todos os selvagens sabem dançar.
(trad. Lúcio Cardoso)

Qualquer selvagem sabe dançar.
(trad. Celina Portocarrero)

Todo selvagem sabe dançar.
(trad. Alexandre Barbosa de Souza)

Qualquer idiota consegue dançar (e fazer barulho).
(trad. Raquel, pós-carnaval)

E para completar, David Rintoul, o mais sério dos Mr. Darcy que conheço.

 

Views: 88

Artigos recomendados

8 comentários

  1. Ele parece ser o mais sério mesmo. Engraçado como cada ator escolheu um, digamos “lado falho” de Mr. Darcy p/destacar, ou melhor, cada um entendeu o personagem de um jeito. Finalmente consegui ver a série de 95 com legenda (comemorei horrores por perceber que entendi os diálogos em inglês anteriormente)e posso dizer outra vez que Colin Firth levou a série nas costas, mas reconheço que o Sr. Bingley foi muito melhor e mais maduro que na versão de 2005, além da série ter sido mais fiel ao livro. Contudo, a achei paradona, monótona, Lizzy, que é uma personagem com sangue nas veias, pareceu tão apagada (sempre com um sorrizinho de Monalisa congelado na face) e, algo me espantou: Jane Bennet é dita a mais bela das irmãs, contudo…como aquela atriz da versão de 95 é feia (desculpe quem não concordar), nossa! Apareceu a cena do casamento a quatro, que eu achei legal, mas eu estava esperando aquela descrição final do livro, da vida de casada de Lizzy…bem, quem sabe na próxima versão né (e quem será o próximo Mr. Darcy? Eis a questão).

    1. Marina,

      de fato Jane Bennet da versão 1995 não é exatamente a mais bonita das irmãs…

  2. É, ele realmente parece o mais sério. Quanto à série de 95, nunca assisti devidamente, apenas capítulos soltos, mas pelo pouco que vi, posso dizer que aquela Elizabeth não atendeu às expectativas. Achei ela o oposto da Elizabeth que eu conheço, firme decidida e, infelizmente, orgulhosa.. Acho que é porque sempre vi Lizzy de uma forma meio desaforada.. Pelo menos, eu passei a ter uma ideia mais equilibrada dela. Quanto ao Mr. Darcy não tem nem o que falar. Adorei Colin Firth e ponto. (:

  3. É curioso ver a escolha dos tradutores. Gosto da tradução da Celina Portocarrero dessa frase, “Qualquer selvagem sabe dançar” – embora não seja literal como as outras, dá um toque a mais ao desprezo do Mr. Darcy à dança.

    Aliás, li recentemente a tradução da Celina para O&P. Embora a encrenca que eu tinha do “Caramba” que ela colocou na boca do Mr. Bingley não ter sumido, achei no todo bastante correta.

    1. Elaine,

      concordo com você. O “qualquer” define bem o desprezo de Mr. Darcy. A imagem do Rintoul capturei logo depois dele dizer a famosa frase.

  4. Eu gosto das duas versões que vi do filme O e P mas sem dúvida,para mim,a melhor é a interpretada pelo maravilhoso Colin Firth ! Perfeito! O jeito como ele se transforma de um homem orgulhoso e arrogante que parece não se importar com as pessoas ao redor para um homem apaixonado,capaz de perdoar e sem orgulho para pedir a mesma mulher em casamento demonstrando todo o seu despreendimento e o seu amor acima de qualquer convenção social e familiar é surpreendente !! Ator magnífico !!

Comentários estão encerrado.