Elena Ferrante e Jane Austen

Categorias Orgulho e preconceito
Elena Ferrante - prefácio de Sense and Sensibility da folio Society

Hoje, quando li o nome Elena Ferrante em uma notícia tive a certeza que já havia escrito esse nome e só podia ser no Jane Austen em Português, pois não lembrava de nenhuma assunto diferente que a tivesse mencionado.

Encontrei o post: Sense and Sensibility da Folio Society; a escritora é autora do prefácio da última edição da coleção Jane Austen da Folio, aquela com as divinas capas douradas e que estou sonhando faz tempo em comprar a coleção completa. Tenho apenas Pride and Prejudice.

A italiana Elena Ferrante é considerada uma das autoras mais importantes da literatura do século 21, mas só é conhecida por seus editores e raramente dá entrevistas, que são todas por email. Há especulações que seria alguém conhecido do mundo das letras, mas não há nada confirmado, portanto colocarei uma imagem do livro prefaciado.

A adaptação de seu livro, A amiga genial, pela HBO para uma série de oito episódios foi lançada agora em novembro e em sua mais recente entrevista afirma que “suas obras tiveram grande inspiração na personagem Elizabeth Bennet, de Orgulho e Preconceito que tem uma protagonista que é “uma verdadeira força da natureza, e um dos melhores exemplos de protofeminismo da literatura”. A reportagem completa, em português , está no link abaixo.

Elena Ferrante - prefácio de Sense and Sensibility da folio Society
Elena Ferrante – prefácio de Sense and Sensibility

FONTES: Artigo Destak Jornal | Elena Ferrante Wikipédia | Imagem da Folio Society

3 comentários em “Elena Ferrante e Jane Austen

  1. Hi Raquel. I have read ,”My Brilliant Friend, “and was really taken by it. As a teacher, the theme of education and how Ferrante explores its influence,importance and power was one of the things that I felt drawn to in the book. The book is about budding powerful women as you say. Marilyn has read the second in the trilogy too. I must complete reading the trilogy. Elena Ferrante writes an article every week for The Guardian newspaper in Britain. She chooses her own theme. She has recently written an article about her book being turned into a film and how she struggled with losing control of her creation.

  2. Essas edições da Folio Society são lindíssimas, pena que carí$$imas também! haha

    Li no ano passado a tetralogia Napolitana da Elena Ferrante e fiquei viciada: não consegui ler mais nada enquanto não terminasse os quatro livros.

    Enfim, uma edição caprichada dessa e que ainda por cima tem prefácio da Elena dá vontade de ler, né?

  3. I meant to write Elena Ferrante explores the influence and power of education. Somehow that phrase got missed from my above comment. All the best, Tony

Deixe uma resposta