web analytics
A Abadia de Northanger,  LIVROS JANE AUSTEN

Catherine Morland e as flores

Hoje, voltando para casa, percebi que ainda é primavera e lembrei das pilhérias de Henry Tilney diante das tentativas de Catherine em ocultar que passara a primeira noite na Abadia a imaginar bobagens. Como é muito jovem não sabe mentir formalmente e acaba se contradizendo em suas explicações.

— Mas a manhã está divina! — acrescentou ela, desejosa de mudar de assunto — E tempestades, como insónias, uma vez passadas, esquecem. Que lindos jacintos! Acabo de aprender a amar os jacintos!

— E como aprendeu? Por acaso ou por raciocínio?

— Foi a sua irmã quem mo ensinou. Como… não sei dizer. Mrs. Allen esforçou-se durante anos para me fazer gostar deles: mas eu não conseguia… Até que um dia os vi Milson Street. Por temperamento não aprecio flores.

Flores nas escadarias do terminal de ônibus.

Facebook Comments Box

5 Comentários