web analytics

Quantas vezes já usamos uma xícara de café como desculpa para entabular uma conversa ou então para escaparmos de algum chato?

Para Elizabeth Bennet, no capítulo 54, foi um momento de esperança depois da troca de tantas palavras ásperas com o senhor Darcy ao longo do livro. Acredito que em circunstâncias normais Mr. Darcy largaria sua xícara na primeira mesa que achasse mas a usou como desculpa para se aproximar de Elizabeth.

Darcy had walked away to another part of the room. She followed him with her eyes, envied every one to whom he spoke, had scarcely patience enough to help anybody to coffee; and then was enraged against herself for being so silly!
“A man who has once been refused! How could I ever be foolish enough to expect a renewal of his love? Is there one among the sex, who would not protest against such a weakness as a second proposal to the same woman? There is no indignity so abhorrent to their feelings!”
She was a little revived, however, by his bringing back his coffee cup himself; and she seized the opportunity of saying,”Is your sister at Pemberley still?”
“Yes, she will remain there till Christmas.”
“And quite alone? Have all her friends left her?”
“Mrs. Annesley is with her. The others have been gone on to Scarborough, these three weeks.”

Darcy afastara-se para o outro lado da sala. Ela o seguiu com os olhos, invejou todos com quem ele falava, mal tinha paciência para ajudar alguém com o café; e depois ficou furiosa consigo mesma por ser tão estúpida!
“Um homem que já fora recusado! Como posso ser tola a ponto de esperar um novo despertar de seu amor? Há alguém desse sexo que não proteste contra a fraqueza de fazer uma segunda proposta à mesma mulher? Não há indignidade mais abominável para seus sentimentos!”
Animou-se um pouco, porém, quando ele foi em pessoa devolver a xícara de café; e aproveitou a oportunidade para dizer:
— Sua irmã ainda está em Pemberley?
— Está sim, ela ficará lá até o Natal.
— E sozinha? Todas as suas amigas já se foram?
— A sra. Annesley está com ela. A outras foram passar estas três semanas em Scarbourough.
| trad. Celina Portocarrero |

Tonta – eu – comprei esta xícara pensando em chá, mas é mesmo para café…

Views: 144

Artigos recomendados

10 comentários

  1. Olá Raquel! Lembra daquelas bonecas de porcelana? Que serão lançadas na coleção algumas da Jane Austen? Então, aqui na minha cidade, a Lizzie é a próxima, a número 10! Vou comprar! *-*

    Terminei de ler Emma, e me apaixonei, virou meu preferido!Vou tirar o dia pra ler todos os seus posts sobre ele.rs

    Beijos!

    1. Mell,

      mas já está na Lizzie? socorro!

      PS: e agora com a série, então….

  2. Ah, é assim? Então te convido para um café no CCBB (tudo como desculpa para vermos juntas o Langsdorff).

  3. OI Raquel!
    Não sou muito chagada no chá, gosto mesmo é do café. Realmente ele, o café é uma ótima desculpa, Mrs. Darcy que o diga.
    Me lembro que ao ler essa cena no livro, morri de rir de Lizzie e de sua ânsia para ter as atenções de Darcy.

    1. Lais,

      eu havia esquecido dessa passagem até procurar algo sobre chá e café em Orgulho e preconceito. Muitos detalhes!

  4. Já não. Ainda! A Lizzie é a primeira das heroínas da Jane. A Emma é a n.13 e as outras são mais na frente!

  5. Raquel, você já viu a nova coleção da Abril com os clássicos da literatura? Orgulho e Preconceito vai estar incluído (na tradução de Lúcio Cardoso). Veja no próprio site da Abril http://www.classicosabrilcolecoes.com.br/
    Agora, me diz uma coisa, não parece que essa coleção foi inspirada na Penguin Classics Deluxe? Eu achei muito parecida.

    1. Cynthia
      já havia visto, estou fazendo um post, e sim, eu também percebi a semelhança com a coleção da Penguin. Obrigada!

Comentários estão encerrado.