web analytics

De todos os detalhes que farão parte da nota de 10 libras com Jane Austen, sobre os quais escrevi no post “Jane Austen na nota de 10 libras | Anúncio oficial”, o único que realmente me incomoda é o retrato escolhido.

Para a enquete de hoje coloquei lado a lado apenas o rosto de Jane Austen na aquarela e na gravura, pois será apenas sobre o rosto que falarei.

Jane Austen, retrato e ilustração

Cassandra Austen fez um misto de esboço e aquarela do busto da irmã Jane Austen por volta de 1810. Jane nesse ano completou 35 anos e as feições da pintura de Cassandra (primeira imagem) me parecem compatível com essa idade.

Cassandra não era uma artista consagrada mas conhecia pessoalmente sua modelo e não creio que preservaria a pintura se tivesse ficado muito diferente do modelo. E sendo este o único retrato comprovado de Jane Austen temos que imaginar que pelo menos se parece com ela!

Quando o sobrinho James Edward Austen-Leigh escreveu a biografia da autora, 53 anos após a morte da tia, foi encomendada, não sei se por ele ou pela editora, uma gravura baseada na aquarela de Cassandra para ilustrar o livro. A nova imagem, feita no estilo pontilhado, tem várias diferenças, como acabamento, o que é compreensível, pois claramente o original é quase só esboço.

Mas voltemos ao rosto. No caso do rosto, quem quer que tenha feito a gravura, não aprimorou o esboço. Modificou o rosto!

Olhem com atenção e me digam se é a mesma pessoa. A primeira pessoa é uma mulher jovem. A segunda é quase uma criança! Terá no máximo 18 anos…

Enfim, esta é minha opinião. Convido vocês para darem suas opiniões e dizerem qual das imagens gostaria de ver na nota de 10 libras quando for lançada em 2017.

Imagens completas no site da National Portrait Gallery, aquarela de Cassandra Austen, circa 1810 e  gravura pontilhada (stipple engraving) da biografia A Memoir of Jane Austen de 1870.

Views: 461

Artigos recomendados

21 comentários

  1. Realmente há uma grande diferença entre as imagens. Se você não tivesse chamado a atenção Raquel, eu não teria reparado nessa questão. Eu acho que a segunda imagem é bem mais elaborada para circular em uma nota. No entanto, só agora pude perceber que a primeira imagem é mais real. Eu gostaria de ver a primeira imagem, com um certo ”acabamento”! Ficaria mais fiel a proposta.

    1. Naga,

      certamente se eles mudarem para a imagem original farão como as outras notas. Creio que o padrão é o uso da gravura pontilhada em alta resolução, uma técnica que acho muito bonita. Veja este exemplo aqui.

  2. Parece-me que o retrato mais autêntico é o primeiro, feito pela irmã de Jane, Cassandra. Embora o segundo tenha um visual mais bonito, creio que por causa da técnica utilizada,este é bem diferente do primeiro.Os olhos e a boca foram bem modificados…

  3. Bem, na verdade fiquei tão emocionada em saber que ela vai estampar a nota substituindo uma figura masculina, importante claro, mas masculina.
    O fato em si já é tão relevante que não sei se uma ou outra imagem prejudicará a menção. Como é uma escritora e sua imagem se confunde, me parece, com a que temos de suas obras obras e de suas heroínas dificilmente se chegará a um consenso. Mas bem que poderia ser a original feita por sua irmã…

  4. O retrato feito pela Cassandra,parece ser o mais
    fiel.E fiquei desapontada quando descobri que não seria
    ele a estampar as notas rs.

  5. Creio que uma coisa que não podemos esquecer é que, antigamente, pelo próprio estilo de vida, muitas mulheres tão aparentavam tanta idade. Outra coisa irrelevante, é que ela (Jane)nunca se casou, por isso não teve os desgastes de uma vida adulta, não engravidou e não foi mãe, não teve a mudança hormonal que acontece em nós mulheres nessa época, não trabalhou no campo para ter a pele envelhecida e pela própria arte dela não se expunha muito ao sol, por ficar horas escrevendo, e mesmo que ficasse ao sol, naquela época não tinha os danos do efeito estufa. Cassandra não era uma artista, e por mais que conheçamos uma pessoa quem sem ter um curso de pintura para arte viva, consegue pintar um rosto de alguém e ficar no minimo parecido? Lembrando que não se conta sobre Cassandra ser uma eximia autodidata. Não devemos esquecer o tipo de papel usado. E se o sobrinho aprovou a segunda arte, devemos no minimo dar algum valor. Olhando bem a primeira imagem, vejo uma senhora, séria, triste e amarga. A segunda me remete mais a personalidade de Jane um discreto sorriso, semblante mais calmo. Essas são minhas impressões, desculpe escrever tanto.

  6. Olha, por mais que a intenção seja boa eu acho complicado alterarem assim o trabalho de uma artista (mesmo que não seja uma artista consagrada). O retrato pode não ser perfeito, mas é a obra original, ué, desnecessário mexerem tanto assim. Por isso concordo com você, prefiro a imagem original.

  7. Bem, eu acho que a imagem original merecia ser realçada, mas deveria ser ela a utilizada. Ela me dá mais a ideia da pessoa real, Jane que escreveu os livros, a maioria aos trinta e tantos anos. Lembrando que a outra foi aprovada pelo mesmo sobrinho que criou o mito da “querida titia Jane”, que pelas cartas da própria autora, sabemos não ser muito condizente com a realidade. É uma imagem idealizada e jovem (jovem demais para alguém que usa a “spinster cap”, touca utilizada por mulheres a partir dos 27 anos para indicar seu status de solteirona).

  8. Oi Raquel, não acho que nem uma nem outra deve se parecer com a Jane. Se bem que confio mais nos traços de Cassandra. No livro das memórias perdidas (que é meio romantizado, então não dá pra saber se é verdade) a própria Jane faz piada da aquarela de Cassandra dizendo que não se parece com ela e nem com ninguém. Mas como é o único retrato que temos ficamos com parte dele e parte de nossa imaginação.

    1. Aline,

      creio que a aquarela de Cassandra não deve ser muito distante do que Jane era, mas é claro que não era uma obra prima.

  9. E é nessas horas que ficamos chateadas pela Jane não
    ter feito retratos quando estava viva! rs.

  10. A questão é que a Jane de Cassandra é feia, e nunca vai existir dinheiro com um rosto feio… Isso é tão antigo quanto colocar rosto de gente em moeda; Cleópatra que o diga.

    (Mas, se fosse depender da minha vontade, preferiria uma versão do desenho real de Cassandra. O que eles elaboraram não parece nada com ele)

    1. Elaine,

      tenho pra mim que Jane não era exatamente “a beauty”… e Cassandra, por sua vez, além de não ser uma artista profissional não também não era dada a adular. Deu no que deu!

    2. Elaine,

      tá cheio de gente feia em muitas notas de dinheiro! Mas concordo que nossa querida não passaria num concurso de beleza.

  11. Acho que deveriam fazer uma nova imagem mais fiel baseada na aquarela, deixando em evidencia os traços que partem do nariz até os cantos dos lábios e os traços abaixo dos olhos(deixaria ela com aspecto mais velha). Uma esboço em aquarela pra mim não é muito adequado para circular em notas. E, sinceramente, Jane Austen está muito esquisita nessa aquarela(Cassandra que me perdoe)!

    1. Maria Celina,

      creio que se usarem a aquarela de Cassandra tentarão deixar os traços mais visíveis mas mantendo as características da aquarela de Cassandra. Isso, se…

  12. Admito que quando penso em Jane Austen a imagem que me vem à cabeça é a da gravura de estilo pontilhado baseada na aquarela de Cassandra. Essa imagem já foi tão reproduzida que acabou fixando no meu imaginário. Mas é lógico que a imagem mais confiável é aquela feita pela própria irmã de Jane. Também acredito que ela não a teria preservado se tivesse ficado muito distante da real Jane.

    Desta forma, seria ótimo se a imagem escolhida para a nota de 10 libras tivesse sido a feita pela mão de Cassandra, mas com um acabamento honesto e não modificando as suas principais características.

    1. Quote: “seria ótimo se a imagem escolhida para a nota de 10 libras tivesse sido a feita pela mão de Cassandra, mas com um acabamento honesto e não modificando as suas principais características.”

      Obra de Cassandra, porém, com um acabamento HONESTO. Concordo muito com isso.

  13. Não vejo nada demais nas pequenas mudanças… afinal, Jane foi Jovem um dia, não? Seria ela tão diferente quando jovem? Acho que todo mundo que pensa em Jane, pensa nela como uma menina travessa da sua época, não como uma senhora velha e solitária…. Nós, no fundo, pensamos nela com feições jovens como a de suas personagens, por isso, acho que foi justa as leves mudanças que fizeram…

Deixe uma resposta