web analytics
FILMES & SÉRIES

Fanny Dashwood em 1981

Não consigo me conter e estou assistindo a coleção de filmes aos pedacinhos… e já lá se foi todo o Sense and Sensibility1981! Este post é só uma palhinha, como se costuma dizer.

Não me apaixonei como aconteceu com Mansfield Park mas gostei de algumas atuações, entre elas a de Fanny Dashwood (tirando o ataque histérico final). Adianto, o Coronel Brandon me decepcionou… E por fim as irmãs, achei-as bonitas, sendo que a atriz que faz Elinor é uma beleza diferente, mas a atuações não me prenderam muito.

Resumo, estou encomendando Sense and Sensibility de 1971, com outra leva de filmes para poder comparar.

PS: Se não estiver respondendo/aprovando os comentários é porque não estou fora da base. Aguardem até sexta-feira.

Amanda Boxer como Fanny Dashwood, 1981

Facebook Comments Box

6 Comentários

  • Chica

    Uma das coisas que me encomodaram foi terem cortado a mais nova das Misses Dashwood!!! de toda a coleção este foi o que eu menos gostei.

    • Raquel

      Chica,
      também não gostei. Estou assistindo Emma (mas já dei uma olhada em Persuasão e fiquei horripilada com as perucas… ai ai)

  • Karen

    Bem, bater o coronel Brandon do “Razão e Sensibilidade” de 1995 é meio difícil, né? Afinal, Alan Rickman é um excelente ator que consegue interpretar qualquer papel e nos cativar! 😀
    E eu também adoro a Emma Thompson e a Kate Winslet nos papéis de Elinor e Marianne Dashwood, respectivamente. Assim como Rickman, elas combinaram de maneira perfeita com suas personagens, eu penso. E também gosto bastante de todos os outros atores dessa adaptação, com exceção de Hugh Grant, que deixou um pouco a desejar.
    Quanto ao filme de 1981 (ou é minissérie?) eu já assisti a uns trechos dele no YouTube, mas como no site só existem vídeos dessa adaptação em inglês e eu não tal língua fluentemente, não tive vontade de ver tudo. Mas também achei as moças bonitas e a atriz que faz a Fanny Dashwood, convincente.
    Já o “Razão e Sensibilidade” de 1971 eu nunca vi.

    Mas de qual Mansfield Park você gostou? Eu li, certa vez, que nenhuma das três adaptações que fizeram desse romance havia sido fiel ao livro, o que achei um pouco chato e estranho – já que de um modo geral se comprometem a fazer filmes e minisséries fidelíssimos, pois são esses que agradam aos milhões de fãs de Jane.

    • Raquel

      Karen,

      apesar de alguns toques de exageros eu gostei muito de do Mansfield de 1983. O de 1999 entrou na linha da diretora que importância demais para assuntos que no livro não foram relevantes e colocou uma Fanny Price voluntariosa, algo que a pobre Fanny, nunca foi. A versão de 2007, achei quase abominável por uma série de motivos.

  • Nique

    Raquel a atriz que faz a Elinor não é a mesma que fez a tia da Elizabeth em P&P na versão de 1995, e que na vida real é a mãe da Georgiana Darcy de 1995? Agora fiquei curiosa para assistir…