web analytics
A Abadia de Northanger,  LIVROS,  MISCELÂNEA,  Orgulho e preconceito,  Razão e sentimento Razão e sensibilidade

Obras escolhidas de Jane Austen, na Série Ouro da L&PM

Box Jane Austen L&PMA L&PM está lançando Jane Austen Obras Escolhidas na sua Série Ouro. Muito elegante participar de uma coleção e nossa Jane vale ouro, deveras!

Os três romances que farão parte do livro, com 768 páginas, serão A abadia de Northanger, Razão e sentimento Orgulho e preconceito. A escolha baseou-se na ordem de escrita dos romances.

O tamanho do livro será 16×23 como o Mansfield Park anunciado no post anterior o que nos leva a crer, ou sonhar melhor dizendo, que poderemos talvez tenhamos outro com Persuasão e Emma, quando este último estiver traduzido….

O livro consta como pré-lançamento em junho deste ano (2013), mas até o momento não tem preço definido. A imagem também é pequena mas assim que tiver a oficial, substituo. Aguardemos!

(Meiri, muito obrigada pelo aviso!)

SINOPSE

O interesse suscitado pelos romances de Jane Austen (1775-1817) em todo o mundo ao longo dos dois séculos transcorridos desde sua publicação é inversamente proporcional à sua diminuta obra: apenas quatro romances publicados em vida, dois postumamente e umas poucas obras esparsas. Sua curta existência e as condições desfavoráveis em que criou seus personagens e suas histórias (quando não era considerado de bom-tom uma moça se dedicar a devaneios ficcionais, já que sua função social era casar e ter filhos), porém, não impediram que sua ficção, tão marcadamente pessoal, siga conquistando legiões de leitores ainda hoje nas mais diversas culturas.
A abadia de Northanger: Tradução de Rodrigo Breunig e Apresentação de Ivo Barroso
Razão e sentimento: Tradução e apresentação de Rodrigo Breunig
Orgulho e preconceito: Tradução de Celina Portocarrero e Apresentação de Ivo Barroso
Continue lendo no site da editora: Um presente para os admiradores de Jane Austen

 

5 Comentários

  • Júnior

    Muito bom! E Jane está muito bem acompanhada nesta “Série Ouro”.

    Creio que deve ser mais complicado escolher a capa de um livro que contém mais de uma obra, mas bem que poderiam ter escolhido outra imagem. Essa silhueta está tão saturada. Imaginei uma bela paisagem da época de Jane e os três títulos ao lado, o que também não é nada original, mas apenas um devaneio meu.

    Minha ideia seria semelhante a esta obra completa de Jane, publicada aqui no seu blog: http://goo.gl/SYq3z

    Não é uma crítica à capa. Longe disso. Apenas um comentário de quem acompanha as publicações da L&PM. 🙂

    • Raquel Sallaberry Brião

      Júnior,

      concordo com você, a silhueta, que nem se tem certeza que seja de Jane está muito saturada. Mas para ser sincera eu nem sei se essa é a capa final. Esta´tão diferente das outras capas da Série Ouro…

      Eu gostaria de ver a aquarela de Cassandra em uma capa.

    • Raquel Sallaberry Brião

      Adriana,

      eu creio que já publiquei essa capa aqui no blog. Publico tanta coisa que acabo me perdendo!