web analytics
LIVROS JANE AUSTEN

O relógio e os livros

Anteontem saí com o firme propósito de entrar apenas em um lugar na Liberdade, fazer uma encomenda, almoçar com sobrinha em restaurante gostosinho e voltar para casa no mesmo pé. Aproveitei e comprei um relógio para administrar meu tempo.

Almocei mais do que devia e achei por bem não entrar no metrô Liberdade e sim caminhar até a estação Sé.

Mas no meio do caminho havia a tentação. O Messias. Perto da Santa Teresa. Alguém conhece? Não fossem todos tão santos eu diria que era “coisa” vocês sabem de quem…

Moral da história: comprei o relógio, mas não o tempo para ler mais livros.

Mas como eu poderia deixar a pobre Pamela, que foi lida por Jane Austen,
num quartinho dos fundos, entre bestsellers escandalosos? Nunca.

Facebook Comments Box

10 Comentários

  • Nique

    Ah meu Daniel Deronda está na prateleira há muito tempo =/ Adorei as adaptações de Brideshead revisited, mas nunca li o livro. Também gostaria muito de ler Pamela e Clarissa, mas nunca os encontrei, você foi muito sortuda, com certeza não foi coisa do você sabe quem…

    • Raquel

      Nique,

      comprei o todos pois não sei depois quando encontrarei livros por menos de 5 reais. Também não sei quando lerei. E Clarissa, já vi uma foto, é um livro imenso! Pretendo comprar. Dizem que é jogo duro de ler todo.

  • Nayara

    Você teve um ato de extrema solidariedade com livro, Raquel…

    srsr!

    Tem certas obras que definitivamente merecem ser resgatadas das prateleiras esquecidas de livrarias e sebos… ( como é que eles param lá?)

    Grande abraço!

    Ps. Também estou precisando de tempo para ler uns livros começados…Snif!

  • Elizabeth

    Ah, que saudades do Messias. Quando eu morava em São Paulo trabalhava no Fórum João Mendes. Imagine só a tentação passar todos os dias pelo Messias. Não havia bolso…
    Abraços

    • Raquel

      Elizabeth,

      o Messias, tirando aquele selo amarelo-ovo onde colocam o preço, é tudo de bom!

  • Angela

    olá, naõ conhecia os livros, mas o sebo conheço e é ótimo; quando for lá vou garimpar como você

  • Aline

    Raquel, entendo perfeitamente essa história… As lojas da praça próxima ao metrô são muito tentadoras e eu ainda acrescento a grande loja de cosméticos… Eu trabalho na Liberdade, atrás do Messias e próximo aos diversos sebos da região… sei como tudo isso é tentador, sempre evito entrar lá, mas não consigo deixar de levar alguma coisa quando o visito.