web analytics
JUVENÍLIA,  Lady Susan,  LIVROS JANE AUSTEN,  MISCELÂNEA

Masquerade ou baile de máscaras na época de Jane Austen

Os bailes de máscaras ou masquerade, originários dos carnavais italianos dos séculos 15 e 16, foram introduzidos na Inglaterra por John James Heidegger, um conde suíço que havia participado da corte italiana no início dos anos 1700. A moda dos masquerade em Londres iniciaram no Haymarket Opera House e mais tarde foram para o Vauxhall e Raneleagh Gardens. No período da Regência estes bailes eram considerados vulgares tanto para homens como para mulheres decentes o que não quer dizer que não fossem frequentados por muita gente.

Imagem Tate Site

Em festas particulares entretanto o uso de fantasias era comum e sem restrições como podemos ver na própria família de Jane Austen. Nos anos 1809 e 1812, Fanny Knight, sobrinha de Jane Austen, escreveu sobre a celebração da Noite de Reis em Godmershan, residência da família em Kent, com o uso de máscaras:

Depois da sobremesa tia Louisa, que era a única pessoa que conhecia os personagens… levou um por um para fora da sala, os fantasiou e os colocou colocou em quartos separados e, finalmente, vestiu-se. Depois fomos todos levados para a biblioteca onde desempenhamos nossos diferentes papíes. Papai e os pequenos, abaixo de Lizzy não sabia de nada e foi tão bem organizado que nenhum dos personagens se conheciam… tia Louisa e L.Deeds eram Dominos; F.Cage, Frederica Flirt (e ela atuou muito bem); M. Deeds, Orange Woman; mamãe, Pastora; eu, Cartomante; Edward, Beau, G, Irish Postboy; Henry, Watchman; William, Harlequin; tínhamos essas máscaras assustadoras e que eram suficiente para matar qualquer um de rir […]
Texto de 1809

[…] Papai, Prince Busty Trusty; mamãe, Chapéuzinho Vermelho; Edward, Paddy O’Flaherty; G., Johnny Bo-peep; H., Timothy Trip; W., Moses Abrahams; Eliz., Mrs O’Flaherty; Ma,Granny Grump; C., Cupido (por vontade dele); Louisa, Princess Busty Trusty; tio H.B., Punch;  tia H.B., Poll Mendicant; Jane, Punch’s Wife; Mary, Colombina; tio John, Jerry o Leiteiro; Mrs Morris, Sukey Sweetlips; Sophia, Margery Muttonpie.
Texto de 1812

Sabendo de todos esses detalhes procurei nos livros principais de Jane Austen alguma menção aos bailes de máscaras. Não encontrei mas tenho para mim que Lady Susan a mais notória de suas personagens femininas, quase uma libertina, certamente frequentou algum masquerade e por esse motivo fiz um caderno em sua homenagem, que está à venda na loja Antiguinha.

Caderno Lady Susan

FONTES

Facebook Comments Box

4 Comentários

  • Camila Loricchio

    Olá, olá!

    Estranho como às vezes não relacionamos vários itens às épocas, nunca tinha pensado que haveriam bailes de máscaras por lá e não sei o porque, haha adorei as fantasias mencionadas!
    E o caderno ficou lindo!

    Beijos

  • Rebeca Lima

    Ah, Raquel, lembrei daquele conto, Jack & Alice, que veio na versão da editora Zahar de Persuasão. Começa com um baile à fantasias.

    Beijos e bom descanso nesse feriadão!