web analytics
LIVROS JANE AUSTEN,  MISCELÂNEA,  Orgulho e preconceito

Jane Austen e George Eliot se enfrentam em Porto Alegre

Acho que nunca disse para vocês que não gosto de futebol. Mas hoje terei que confessar que adoraria assistir uma partida que ocorrerá em Porto Alegre.

Acontece no dia 21 de junho, às 19h30, a estreia do Sport Club Literatura. Com coordenação do Instituto StudioClio e do Estúdio de Conteúdo, o evento junta futebol e literatura. Ao contrário de outros projetos como a a Copa de Literatura Brasileira e o Gauchão de Literatura, os jogos do Sport Club são ao vivo, transmitidos diretamente do palco por dois juízes convidados e o mediador da partida. Os juízes (resenhistas) irão apresentar, avaliar e confrontar diferentes obras da literatura universal.
[…] Na estreia, pela série Coliseu, Orgulho e preconceito, de Jane Austen, enfrenta Middlemarch, de George Eliot. O jornalista e escritor Milton Ribeiro e a pesquisadora Joana Bosak apitam a partida. No outro jogo, pela série Com-ca vs. Sem-ca, entram em campo 2666, de Roberto Bolaño, eLiberdade, de Jonathan Franzen. Os juízes dessa partida são o escritor Antônio Xerxenesky e o crítico Carlos André Moreira.
Via Literatsi

Detalhes para assistir o certame (gostaram do meu vocabulário futebolístico?) no site www.studioclio.com.br.

Milton Ribeiro, um dos juízes, escreveu sobre a disputa em seu blog: “Orgulho e Preconceito, de Jane Austen X Middlemarch, de George Eliot: quem vencerá?”. O placar por enquanto está a favor de Orgulho e preconceito. Janeites de Porto Alegre montem uma torcida organizada e preparem os pulmões: Jaaaane! Jaaane!

Brincadeira! Mas se alguma leitora do blog for à partida, por favor nos conte. Eu também tentarei saber o que será disponibilizado na internet para escrever mais sobre o assunto.

Facebook Comments Box

4 Comentários

  • Júnior

    Essa sim é um disputa empolgante. Será muito bom se disponibilizarem vídeos do evento.

  • Rebeca Miscow

    Nossa, que iniciativa interessante! Vou até entrar no site.
    Bjos.
    Rebeca

    Em tempo: se não fosse por vc, jamais iria saber de uma iniciativa dessas. É uma pena que essas coisas não são divulgadas, né?

  • Raquel

    Rebeca,

    nem sempre consigo publicar tudo que chega, e às vezes nem chegam ao meu conhecimento!