web analytics
Emma,  LIVROS JANE AUSTEN,  MISCELÂNEA

Emma, Emma, Emma!

Cada um com seus problemas! ou na versão que mais gosto: “cada um com seus pobrema” conforme dedicatória recebida neste exemplar de Emma, tradução de Ivo Barroso, presente de Leticia!

Fiquei tão ansiosa quando soube do presente que pedi para ela ler pelo telefone o parágrafo abaixo. As três versões (os grifos são meus):

Original, capítulo 1, sétimo parágrafo:

The event had every promise of happiness for her friend. Mr. Weston was a man of unexceptionable character, easy fortune, suitable age, and pleasant manners; and there was some satisfaction in considering with what self-denying, generous friendship she had always wished and promoted the match; but it was a black morning’s work for her.

Tradução de Therezinha Monteiro Deutsch:

O acontecimento prometia felicidade para sua amiga. O sr. Weston era um homem de caráter excepcional, fortuna razoável e maneiras agradáveis. Além disso, ela sentia alguma satisfação ao considerar com que desprendimento e amizade generosa havia desejado e promovido aquele casamento. Mas o dia seguinte ao do enlace foi de negro trabalho para Emma.

Tradução de Ivo Barroso:

O acontecimento trazia em si todas as promessas de felicidade para a sua amiga. O noivo, sr. Weston, era um homem de ilibado caráter, apreciável fortuna, adequada idade e graciosas atitudes; Emma sentia certa satisfação ao considerar com que desprendimento e generosa amizade ela sempre havia desejado e incentivado o casamento; mas aquela não deixava de ser para ela uma triste manhã.

Quando li Emma pela primeira vez, em inglês, fiquei intrigada com o que Jane queria dizer sobre o senhor Weston com a expressão “suitable age”. A tradução seria “idade adequada” mesmo? ou seria uma expressão de época com outro significado? Com o tempo esqueci, como esqueço quase tudo.

Relendo Emma, agora em português, para o grupo Chá com Jane Austen, percebi a ausência dessa expressão na tradução de Therezinha M. Deutsch e constando na de Ivo Barroso, o que me leva de volta para: idade adequada para que? E acrescento outra dúvida, “a black morning’s work”… well, well, tenho minhas teorias, alguém arrisca um palpite? Voltarei ao assunto mais tarde.

  • Imagem: foto do meu exemplar da tradução de Ivo Barroso, editora Nova Fronteira, 1996. Gostei muito dessa edição. A diagramação, a tipografia e a capa de Fearn de Vicq de Cumptich.
Facebook Comments Box

2 Comentários

  • mell

    Oiii! Suitable age é idade adequada sim! Idade adequada pra casar em relação a idade dela! Nem muito velho, nem muito novo! Mas no ponto! E o Blacks’ morning deve ser tipo uma tarefa sofrida. De alguma forma ela dever ter sofrido com isso. Ou sofrido pra fazer isso. Não li Emma ainda! rsrsrs

  • Raquel

    Olá, Mell
    gostei do “no ponto”!
    Acredito que a tarefa nem seriam tão terrível assim mas a falta de hábito…