E-books gratuitos de Jane Austen (em inglês)

Categorias LIVROS

Eu sei que a proposta do blogue é publicar tudo que possível sobre Jane Austen em português, mas creio que muitos estejam estudando inglês e nada melhor do que aprender com sua autora favorita e gratuitamente!

Os e-books da GirleBooks são gratuitos, estão diagramados e tem lindas capas! Todos os livros estão no domínio público e você pode baixá-los em arquivos PDF, PDB, LIT, PRC e Plain Text, este último, como a maioria dos textos do Project Gutenberg.

O site é o trabalho de Laura McDonald, sua mãe e duas amigas. Os livros são todos clássicos escritos por mulheres. Vou citar apenas alguns.

Na literatura britânica além dos seis livros completos de Jane Austen; Evelina e Cecilia de Fanny Burney; The Mysteries of Udolpho de Ann Radcliffe; Wuthering Heights (Emily), Villette e Jane Eyre (Charlotte) The Tenant of Wildfell Hall (Anne) das irmãs Brontë e North and South de Elizabeth Gaskell.

Da literatura americana cito apenas dois bem conhecidos: The Age of Innocence de Edith Wharton e Little Women de Louisa May Alcott.

Manter um domínio, hospedagem e banda para downloads de arquivos custa caro, mas há uma maneira muito bacana de contribuir para manter este site. Compre o arquivo com toda a obra de Jane Austen (Sense and Sensibility, Pride and Prejudice, Mansfield Park, Emma, Northanger Abbey, Persuasion | Sanditon, The Watsons, Lady Susan | Frederic & Elfrida, Love and Freindship, Lesley Castle, The History of England, A Collection of Letters e anotações) e pague apenas US$ 1.95 com o PayPal.

12 comentários em “E-books gratuitos de Jane Austen (em inglês)

  1. Raquel, que lindas são essas capas não?

    Eu já havia publicado sobre a Girlie Books em fevereiro do ano passado 2008! Confesso que é de encher os olhos!

  2. Acho que entendi, Raquel: você relaciona este post com o anterior, fazendo o contraponto de dois mundos: o mundo da correção e o mundo da tungagem pura e simples. Escanear e disponibilizar na net um livro editado, traduzido e ainda sob a lei de direitos autorais é crime. E no mínimo ma-fé, falta de noção e desrespeito ao trabalho alheio.

    Disponibilizar obras de domínio público, de maneira correta e caprichada, como acontece no Projeto Gutemberg e derivadamente com as moças do GirleBooks, é dedicação, como dedicados são os milhares de voluntários do Projeto Gutemberg.

  3. Adorei a capa de Persuasion e Mansfield Park.. Adoro esse tipo de pintura..

  4. Letícia,

    Não sei até que ponto é má fé… em Portugal as edições de Austen em português estão on-line mesmo os direitos autorais dos tradutores não terem sido vencidos.

    Em Portugual os livros estão disponíveis por meio de um programa de divulgação dos livros e também para auxiliar pessoas com deficiência de leitura em textos com letras muito pequenas.

  5. Adriana,
    Não conheço este site ao qual você se refere, tampouco os termos em que foram liberados (ou não) os direitos de tradução dessas obras. Muitas vezes os tradutores assinam termos abrindo mão dos direitos autorais, e não sei se foi esse o caso.

    Falo de livros escaneados a granel – eu mesma vi recentemente um livro de autor e tradutor novos, quando não vivos, saídos em primeira edição brasileira ainda no ano passado. Vai ver foi a boa intenção de um aluno desinformado. Mas não deixa de ser crime.
    E é crime também o plágio de tradução, como fez a editora de “Persuasão”, em caso divulgado no post anterior e amplamente detalhado por Denise Bottmann.
    Essa editora, então, não tem nem a desculpa da falta de noção. É a preguiça e a economia porca dos incompetentes mesmo…

  6. Beatriz,
    muito obrigada e seja bem-vinda ao Jane Austen em português!
    É notícia para deixar todas as garotas alvoroçadas! Farei imediatamente um post!

  7. Adriana
    as capas são muito bonitas, sim.

    Leticia
    na verdade não pensei nisso quando escrevi mas procuro sempre me pautar por esse norte.

    Ise,
    também me encantei com a capa de Persuasion, minha favorita!

  8. Denise,
    acredito que tenha em inglês. Em português do Brasil nenhuma tradução está no domínio público. Em Portugal, eu não sei, até o momento não consegui uma informação precisa.

Não é possível comentar.