web analytics
LIVROS JANE AUSTEN,  MISCELÂNEA

Aprendi com Jane Austen | Resenha por Rebeca Miscow

Publico hoje a parte final da resenha de Rebeca Miscow do livro Aprendi com Jane Austen de William Deresiewicz e também os links dos outros posts de Rebeca no seu blog, Desanuviando.

Para mim, um bom crítico literário sabe usar a língua (conseqüência inevitável das suas boas leituras), possui boa dose de sabedoria (outra conseqüência das suas boas leituras) e, ao compartilhar suas impressões de leitor, é sincero.

William Deresiewicz, autor do livro APRENDI COM JANE AUSTEN – COMO SEIS ROMANCES ME ENSINARAM SOBRE AMOR, AMIZADE E AS COISAS QUE REALMENTE IMPORTAM possui todas essas qualidades. Escreve muitíssimo bem; seu texto é super agradável. Revela muita sabedoria, graças às lições da autora. E é extremamente sincero!: Ele compartilha o que leu da Jane Austen: o que ele e as circunstâncias daquele momento o fizeram apreender da leitura, e não o que outros o influenciaram a ler.

O Kiko me perguntou se era melhor ler Jane Austen antes desse livro ou ler esse livro antes de ler Jane Austen, e respondi que, geralmente, é aconselhável ler, antes da crítica, a obra, para não ficar com a leitura “viciada”. Mas no caso de APRENDI COM JANE AUSTEN.., acho que ele só dá mais vontade de mergulhar na obra da digníssima e comparar quais as lições aprendidas com ela. Porque o texto de Deresiewicz não está falando da estrutura formal do texto, nem da regrinha literária que se encaixa em determinada passagem dos livros; ele está contando como era sua vida quando começou a ler Jane Austen, como foi se tornando sua vida durante a leitura e como ela ficou depois. Existe maior sinceridade que essa?

E ver como ele melhorou em vários aspectos pessoais, graças à leitura da obra de Jane Austen, chega a ter um valor testemunhal que contagia: se ele melhorou tanto ao conhecer essa autora, eu também quero!

Isso é fabuloso! No curso de Letras, li várias críticas literárias sobre obras clássicas, mas não lembro de nenhuma ter me contagiado tanto quanto esse livro. Geralmente o crítico está em seu pedestal (feito de muuuuitos livros), tem enormes conhecimentos literários, mas nunca consegue responder à pergunta que todo leitor leva em seu íntimo antes de começar a ler um livro: o que eu ganho com essa leitura?

Pois William Deresiewicz consegue mostrar que se ganha muito ao ler Jane Austen, e seu texto sincero mostra que ele é a maior prova disso!

Facebook Comments Box

7 Comentários

  • Lin

    Fiquei super curiosa pra ler esse livro! Mais um que estou acrescentando na minha listinha de desejos, hehehehe…

  • Júnior

    Essa resenha fez “Aprendi com Jane Austen” pular para um dos primeiros lugares da minha lista de livros. Parece ser muito interessante.

  • Júnior

    Raquel, é bem isso mesmo. É um livro disputando o lugar com o outro. Mas um dia leio todos! 🙂