web analytics
FILMES & SÉRIES,  LIVROS,  Persuasão

Anne Elliot ao piano

No capítulo oito de Persuasão, o capitão Wentworth, em um jantar na casa dos Musgroves, tenta mostrar alguma música para Louisa e Henrietta quando Anne se aproxima do piano e ele, cheio de cerimônia, levanta-se imediatamente dizendo:

I beg your pardon, madam, this is your seat.

Peço desculpas, senhora, este é seu lugar.

Esta cena ocorre também no filme de 1995 e lamentavelmente eu não consigo identificar a música que Anne passar a tocar para os convidados dançarem. Se vocês souberem me contem, por favor!

Em Persuasion 2007, Anne toca Sonata ao luar: “Por um momento…

8 Comentários

  • Lucianna

    Olá Raquel,

    Parabéns pelo seu blog, sou uma recente leitora de Jane Austen, depois de assistir muitas vezes O&P, li e reli o livro em inglês e português. Agora estou lendo Emma, ainda meio na dúvida se estou gostando ou não, vamos ver se vou ficar com a sua primeira ou segunda impressão. Outro dia estava lendo alguns posts antigos e havia uma sequência com cartas que mencionavam John Lefroy(?) e agora não consigo mais localizar, vo tem como indicar o caminho?
    Bem, obrigada por este excelente lugar! Acho que vou aparecer aqui com frequencia.
    Abçs.

    • Raquel

      Mariana,

      muito obrigada pela lembrança! Essas bonecas são mesmo muito graciosas e já as coloquei aqui.

  • Patrícia

    Olá Raquel. Seu site além de muito informativo é um incentivo à cultura. Estou sempre dando uma conferida. Sou pianista, professora de música e leitora de Jane Austen. Quanto ao pianoforte em questão e a Moonlight Sonata tocada: é a fotografia do período!
    Beethoven , autor desta Sonata, apesar de alemão, foi contemporâneo de Jane Austen; nasceu em 1770 e faleceu em 1827, portanto, tanto a obra em questão como o tipo de composição (Sonata), era tocada na época, quase que um pré-romantismo pois os compositores chamados de românticos (Schubert, Chopin, Liszt, etc) eram um pouquinho mais jovens (1797, 1810, 1811, etc.).
    O instrumento é o mesmo que o nosso piano (ou pianoforte) só que também foi mais aperfeiçoado, atingindo 88 teclas (já no período romântico) e cordas cruzadas. Um deleite…
    Na série “Razão e Sensibilidade” de 2008, Marianne toca um piano mais moderno na casa do Coronel Brandon e podemos observar (ou ouvir) a igualdade com os nossos pianos atuais. Beijos: Patrícia.

    • Raquel

      Patrícia,

      muito obrigada por tantas informações!

      Gosto muito da cena de Persuasão de 2007 com a Moonlight Sonata. Na versão 1995, no vídeo acima, Anne toca uma música para dançar que imagino seja algo irlandês ou escocês.

      Quando vi este vídeo com o pianoforte lembrei da cena de outro filme, onde John Malcovitch manda consertar um cravo (creio que esta é a palavra para harpsichord) e no final do filme, após matar meio mundo, ouve embevecido o concerto da namorada. Lembro perfeitamente do som agudo…

  • Danilo Nogueira

    Não reconheci a melodia, mas é uma jiga (“jig”), uma dança até hoje popular. Pode, inclusive ter sido composta especialmente para o filme, mas há inúmeras coleções publicadas, com milhares delas.

    Não sei se sou só eu que sinto a intepretação corretíssima, mas refletindo um tanto de tensão, como o próprio rosto da artista.

    • Raquel

      Danilo,

      sim, é possível que tenha sido composta para o filme.
      Não sei te falar da tensão na execução da música, mas posso te dizer que a pobre Anne, nesta cena, aproximou-se do grupo para participar da conversa e foi devidamente colocada em seu “banquinho”. Com toda a civilidade e frieza permitida.