web analytics

Eu havia planejado escrever um texto único sobre a história de Orgulho e preconceito mas depois me dei conta que seria inviável para leitura online. Resolvi então publicar vários posts que vocês poderão acompanhar pelo link “A história de Orgulho e preconceito” na sidebar.

Muitos leitores tem me perguntado qual a data exata de publicação de Orgulho e preconceito e minha resposta tem sido sempre um tanto reticente pois já havia lido mais de uma data e no frontispício da primeira edição do livro consta apenas o ano: 1813.

Vamos lá tentar seguir as pistas da publicação do “amado filho” como Jane Austen se referiu a Orgulho e preconceito quando recebeu sua primeiro exemplar impresso, em 27 de janeiro de 1813.

Na biografia, A Jane Austen Memoir, escrita em 1870 por James Edward Austen-Leigh, sobrinho da autora, consta apenas como “publicado no começo de 1813”. A mesma informação se repete em Jane Austen; Her Home and Her Friends, de Constance Hill, publicado em 1902.

Em 1923, no volume de Orgulho e preconceito da coleção da Oxford Press, editados por R. W. Chapman consta a data 28 de janeiro nos seguintes termos:

Orgulho e preconceito, ‘um romance, por uma senhora, autora de Razão e sentimento‘, parece ter sido anunciado pela primeira vez no Morning Chronicle de 28 de janeiro de 1813.

Pride and Prejudice, R. W. Chapman

Imagem: da minha coleção The Novels of Jane Austen, por R. W. Chapman

Ao dizer “parece ter sido” Chapman não dá certeza que esse tenha sido o primeiro anúncio, mas também não menciona outra possibilidadade. E neste ponto vamos para a carta que Jane Austen escreveu em 29 de janeiro de 1813.

Nessa carta Jane conta para a irmã que havia recebido na quarta-feira, portanto dia 27, sua cópia do livro. Ela menciona também que o livro está sendo anunciado pela primeira vez nos jornais do Hampshire naquele dia. O que leva a crer já havia sido anunciado em algum jornal da capital, Londres. Seria do Morning Chronicle do dia 28? Ele chegaria tão rápido em Chawton?

E para completar minhas dúvidas, Deirdre La Faye, nas notas sobre a carta de 29 de janeiro (imagem abaixo) afirma o seguinte:

Não há publicidade do livro nos jornais Hampshire Chronicle ou no Hampshire Telegraph em 29 de janeiro de 1813,  mas é  mencionado [Orgulho e preconceito] no Morning Chronicle, na quinta-feira, dia 28, na aviso “Livros Publicados Este Dia”;

Carta de Jane Austen de 29 de janeiro de 1913

Carta de Jane Austen para Cassandra no dia 29 de janeiro de 1813

Parece que era um hábito dos jornais, quando publicavam os novos lançamentos, dizerem que haviam sido publicados no dia do anúncio, como comprova este outro de 9 de fevereiro de 1813 no Morning Post, segundo o blog The British News Paper Archive.

Pride and Prejudice, fevereiro 1813

Não restam dúvidas que Pride and Prejudice foi publicado no final de janeiro de 1813 e que até hoje o Morning Chronicle mantém a primazia de ter sido o primeiro a anunciá-lo, no dia 28 de janeiro de 1813.

Parabéns, Orgulho e preconceito!

Views: 682

Artigos recomendados

8 comentários

  1. Orgulho e Preconceito é o livro da minha vida. Todos os anos eu releio um livro da Jane Austen, o que coincide normalmente com as férias de julho e, coincidentemente, meu livro, este ano, é Orgulho e Preconceito. A comemoração dos 200 anos fará com que eu comece minha releitura anual mais cedo este ano.

    1. Juliana,

      então você vai gostar da leitura comparada que farei com Cátia de Portugal e será publicada todo final do mês, até dezembro aqui no blog.
      a primeira leitura será publicada esta semana, dia 31.

  2. 28 ou 29 de janeiro de 1813, vivaaaaaa! Temos dois dias para comemorar, um pode ser aniversário e outro desaniversário, afinal estaremos com todo 2013 em festa.

  3. Como eu queria dar esses parabéns!! Conheci Jane Austen, quando por acaso peguei esse livro na prateleira da biblioteca do colégio, anos atrás…De todos os livros de Jane esse me marcou muito, por isso o meu favorito!
    Quem me dera um dia encontrar Mr.Darcy por aí..eu só ia perguntar:quando mesmo que a gente pode se casar? HAHAHA

  4. oi…
    amei o blog,como uma admiradora de austen fiquei fascinada com os detalhes fornecidos sobre a sua obra….tenho toda a coleção de livros dela…eu gostaria de saber se existem obras parecidas com a dela…bons escritores que remetem aquela época com um estilo similar…..jamais encontrei ninguem que tenha demonstrado tanta categoria e nem espero encontrar por que a Jane era única…mas gostaria de conhecer trabalhos de bom gosto.

    1. Adryana,

      uma boa pedida é Elizabeth Gaskell, Charles Dickens, Thomas Hardy, as irmãs Brontë.

Deixe uma resposta