web analytics
LIVROS,  Orgulho e preconceito

O que sabia Mr. Wickham?

Esta semana recebi um mail de Amanda, uma leitora do Jane Austem em Português, que após ler este excelente post no blog da Marcia Caetano ficou se questionando sobre o comportamento de Mr. Wickham em Orgulho e preconceito.

Mr. Wickham sabia que Darcy estava apaixonado por Elizabeth e fugiu com a Lydia de caso pensado?

Com eu também me faço a mesma pergunta e não tenho certeza da resposta repasso para vocês. Olhem bem nos olhos desse rapaz e me digam: ele sabia ou não sabia?

Arthur Haroyan como Mr. Wickham (Շնորհակալություն)
Orgulho e preconceito
do Grupo Fora de Foco · Foto © Yuri Pallaro

43 Comentários

  • marciana

    Nossa, nunca tinha pensado nisso! Mas talvez ele soubesse sim e fez isso pra se vingar da Elizabeth e do Mr. Darcy…

    • Raquel Sallaberry

      Marciana

      eu sempre tive essa dúvida mas nunca parei para ler com afinco as partes que Mr. Wickham é mencionado ou tem algum diálogo.

  • Bruna Beatriz

    Olá Raquel!
    Quando você vê o filme de 2005 pode-se ter uma leve impressão de que tudo o que ele fez foi tudo de caso pensado. O caro Mr. Wickham sabia que Mr. Darcy estava apaixonado por Elizabeth e sabendo da boa índole do nosso herói, ele tinha a certeza que Mr. Darcy não deixaria a honra de sua amada se jogada na lama. Supondo que ele não soube-se, acredito que mesmo assim ele fez isso não para ferir Lizzie, mas para ferir e até mesmo desafiar Darcy, pois sabendo da ligação de Darcy e seu amigo Mr. Bingley a família dos Bennet, tinha por certo que sairia ganhando alguma coisa.
    Eu particularmente adoro Orgulho e Preconceito de 2005, pois a verdadeira história contada nele ocorre nos olhares, nas entrelinhas, é um filme que você tem que se trancar no quarto e ver sozinha, prestando a atenção a tudo, a cada olhar… Vi o filme umas 500 vezes e cada vez que vejo acho um ponto diferente, observo um detalhe que deixei escapar.
    Beijos.

    • Raquel Sallaberry

      Bruna,

      faz tanto tempo que não vejo O&P 2005 que não lembro desses olhares. Quando Amanda fez a pergunta tentei lembrar do livro, mas sabe como é a memória vai falhando!

  • Danielle S.

    Olá, Raquel
    Nossa, que interessante! Seria uma maneira indireta de atingir o Mr. Darcy, não é? Sendo que o plano anterior dele havia falhado… Lydia não era exatamente o tipo de pessoa que despertaria o interesse de Mr. Wickham. Como ele é cruel, fazendo das pessoas, marionetes!

    • Raquel Sallaberry

      Danielle,

      nem pensei em ferir, mas sim auferir alguma vantagem!

    • Raquel Sallaberry

      Bianca,

      e eu estou tentando lembrar do livro, mas vou deixar para depois…

  • Cleide S.

    Acho que Wickham fugio c/ Lydia devido ela ser uma presa fácil e visando obter alguma vantagem, visto que era uma “moça de família”, mas acredito que não sabia que Darcy estava apaixonado por Elizabeth.

    • Raquel Sallaberry

      Cleide,

      aparentemente é isso… mas não te parece que para quem já havia ambicionado Georgiana Darcy e mais tarde Miss King, Lydia Bennet seria muito pouco em termos de dinheiro?

  • tania

    Hum…nunca pensei nisso tambem,mas sim do que Elizabeth tinha se livrado.
    Credo como sou egoista,só pensei na felicidade da Liz ,da irma mais proxima…
    Mrs Darcy compensava tudo!Deu saudades da historia e do filme…

  • Júnior

    Sempre me perguntava o motivo de Mr. Wickham ter fugido com Lydia Bennet, mesmo sabendo que um casamento com ela não lhe traria vantagens financeiras. Cheguei a cogitar que era só por aventura mesmo e que depois ele planejava abandoná-la, plano este alterado após receber a proposta financeira. Agora faz sentido e não sei como nunca havia pensado nessa possibilidade. Ele sabia!

    • Raquel Sallaberry

      Júnior,

      também me parece ser este o motivo de Wickham, mas como qualquer advogado porta de cadeia, digo: mas não há provas! Me refiro ao livro.

      Mas prometo que na próxima leitura de O&P prestarei muita atenção a este rapaz.

  • Maria de Fatima Machado

    Também sempre pensei nisso e, já que estamos no tocante aos MITÉRIOS, vai outra questão: ” Como a Lady Catherine soube do suposto envolvimento entre Darcy e Elizabeth? Será por Charlote e sr. Collins, sir William ou outra pessoa? Adoro segredinhos e fofocas da Jane Austen!

    • Raquel Sallaberry

      Maria de Fatima,

      Orgulho e preconceito está nos saindo mais misterioso do que esperávamos… boa questão. Vamos fazer outro post?

  • Amanda Vieira

    Eu fiquei tão feliz de ler esse post! Eu acabei faz alguns minutos de reler Orgulho e Preconceito e vou colocar aqui o trecho da edição da Penguin/Companhia das Letras, que é uma parte da carta da senhora Gardiner para a Lizzy, no qual a tia fala o que o sr. Wickham disse sobre o motivo da fuga.

    Página 457 “Como eram tais os sentimentos dela, só restava, pensou ele, garantir e apressar o casório, o que, em sua primeira conversa com Wickham, rapidamente soube que jamais fora a intenção deste. Ele admitiu que fora obrigado a deixar o regimento por conta de algumas dívidas de jogo bastante prementes; e demonstrou escrúpulos ao não atribuir todas as más consequências da fuga de Lydia exclusivamente à leviandade dela. (…) O senhor Darcy perguntou-lhe por que afinal não se casava logo com Lydia. Ainda que o senhor Bennet não fosse muito rico, seria capaz de fazer algo por ele, e a situação dele haveria de se beneficiar com o casamento. Mas descobriu, em resposta a essa pergunta, que Wickham ainda alimentava esperanças de fazer fortuna com um casamento mais eficaz em algum outro lugar. Nas circunstância em que se encontrava, no entanto, ele provavelmente cederia à tentação de uma solução imediata.”

    Obviamente que o Wickham não estava apaixonado por Lydia e me parece que ela foi somente, não sei como posso dizer, só alguém pra acompanhá-lo na fuga. Se o que ele disse ao senhor Darcy é verdade e se existem segundas intenções é algo que tem que ficar pra bastante reflexão!

    Adorei a discussão que esse tópico proporcionou, Raquel, beijos!

    • Raquel Sallaberry

      Amanda,

      eu também gostei de sua dúvida pois sempre foi a minha dúvida também. Wickham não me parecia um homem de se levar por impulsos. Calculava muito bem os riscos.

      No caso de Georgiana, mesmo dando errado sabia que Darcy não faria escândalo. Quando desistiu de Elizabeth, que acredito ele tivesse realmente se enamorado (é impossível não amá-la, Darcy que o diga…) e mesmo assim passou a cortejar Miss King, pois tinha mais dinheiro do que qualquer uma das Bennet.

      As desculpas talvez fossem apenas para despistar Mr. Darcy.

  • Aline Tavares

    Nossa, nunca tinha parado para pensar nisso antes… Bom, não sei se Mr. Wickham sabia que Mr. Darcy gostava de Lizzie, porém ele sabia que Lizzie tinha descoberto o real motivo do rompimento dele com os Darcy. Talvez o real alvo dele fosse Lizzie…

    • Raquel Sallaberry

      Aline,

      acho que você descobriu o motivo! Hoje preciso reler e achar o capítulo quando Wickham e Elizabeth se encontram após o retorno dela de Rosing Park. Preciso descobrir se ficou zangado.

  • Nina Vieira

    Raquel,
    este Wickham da foto me parece tão, tão… Mr. Darcy! Juro que achei! Mas enfim: darei minha opinião.
    Creio que, em algum momento, ficara evidente para Wickham que Darcy estaria interessado em Elizabeth (e não o contrário), apesar do segundo esconder eloquentemente seus sentimentos – mas aqueles bailes em Meryton e as diversas reuniões – com certeza surtiram em rumores diversos. Acho que Wickham só se aproximou de Lizzy para se aproveitar, como fizera com Georgiana, anteriormente. E fora ainda mais esperto casando-se com Lygia Bennet, no fundo, testando a lealdade de Darcy para com Elizabeth. Apesar dos pesares, Wickham fora necessário ao amor dos dois.
    Beijos!

    • Raquel Sallaberry

      Nina,

      rumores são tudo, e isso não é de hoje! E não resta dúvida que mesmo na vida real pessoas que não gostamos acabam por nos beneficiar justamente por mostrarem aos outros como estávamos certos.

      Você achou o Arthur parecido com o Mr. Darcy de sua imaginação? Eu, talvez por ter assistido a peça, achei que ele tem um sorriso muito Wickham. Em pessoa, obviamente é um amor de menino.

  • Nina Vieira

    Quando Wicham encontra Darcy pela primeira vez em Netherfield, há um trecho de que muito gosto, através da visão de Elizabeth: “Um corou e o outro empalideceu” – é genial. É Jane Austen!

    • Raquel Sallaberry

      Nina,

      Jane, a observadora atenta! O que eu não daria para tê-la como convidada para uma festa… suspiros…

  • Marcia Caetano

    Puxa Raquel, estou tão atarefada que nem tive tempo de interferir antes. Obrigada pela gentil referência ao meu post! Sobre a dúvida se Wickham sabia ou não sabia, eu tenho a opinião que ele DESCONFIAVA seriamente e, como jogador que era, resolveu arriscar (com Lydia). A evidência disso está no capítulo 41 de O&P, quando ele se despede de Lizzy e percebe que ela está mudada. Ora, ele é um invejoso por natureza, detesta Darcy e havia selecionado Lizzy o centro das suas atenções (até zarpar porque ela não tinha um tostão). Quando ele percebe o quanto a opinião dela própria havia mudado após as três semanas que passou junto a Darcy em Rosings, ele começa a desconfiar que AQUILO que o atraiu em Lizzy também deve ter atraído Darcy e, portanto, incentivado este último a por a coisas às claras com ela. Ele sabe que Darcy não depende de um casamento financeiramente favorável e que pode, sim (ao contrário do que ele dava a entender sobre seu inimigo número 1) casar-se com quem bem entender, inclusive com Elizabeth Bennet. Então ele joga: se Darcy gosta de Lizzy como ele desconfia, ele virá oferecer dinheiro. Se não gosta, Wickham abandona Lydia e se casa com uma moça de dinheiro (que, aliás, é o que ele ameça fazer quando encontrados). Ele só tem a ganhar, pois é uma sociedade machista! Isso é mais uma prova da genialidade de Austen: pois quem nunca conheceu um invejoso? Não é verdade que o invejoso sempre sabe descrever em minúcias as roupas, as palavras etc do invejado? Ora, ele é aquela pessoa que mais conhece o seu objeto de inveja, pois passa horas com a sua mente invejosa analisando a figura dos pés à cabeça. Wickham conhecia Darcy como ninguém naquele livro e isso é o genial dessa autora – um perfeito e autêntico retrato da alma humana (ho caso, invejosa). Bem, esse a minha leitura, ok?

    • Raquel Sallaberry

      Marcia,

      tem esse detalhe da inveja que é muito importante, mas fico na dúvida se ele teria percebido que o que o atraiu em Lizzy teria atraido Darcy Também. Nesse ponto creio que ele apenas percebeu a mudança de Elizabeth.
      No aspecto do jogador eu não havia pensado.

  • Maria de Fatima Machado

    Sim Raquel, adorei a idéia….e vamos ver se há outros MISTÉRIOS a serem revelados. Mas, ainda com relação a este, eu tinha algumas dúvidas, até ler o livro ( em inglês): O diario do Mr. Darcy….é um pouco fantasioso, mas a autora faz com que isso se torne totalmente viavél, principalmente nesta parte da história com relação a fuga da Lydia…e isso se vê claramente ( pelo menos, para mim) quando do seriado da BBC de Orgulho e Preconceito de 1995. Recomendo a todos o seriado e o livro que, mesmo sendo em inglês, o nosso bom e velho Google tradutor ajuda e muito.

    • Raquel Sallaberry

      Maria de Fatima,

      esta semana preciso urgentemente terminar uma porção de tarefas e manterei este post em evidência pois parece que todo mundo está gostando muito. Mas vamos sim falar dos mistérios de O&P!

      Engraçado, no seriado acabei simpatizando tanto com o ator Adrian Lukis que quase não o vejo como Wickham e o livro do diário, eu não li.

  • Maria de Fatima Machado

    Adorei a sua compreensão com todas as aficcionadas por Austen, Raquel…realmente, magnífico trabalho. E, como baixei o livro e “traduzi” no Google, posso encaminha-lo para vc se encantar com mais um, dos tantos, baseados nesta história fascinante. bjos e ótima semana.

  • Aline Tavares

    Andei refletindo sobre O&P esses últimos dias e desenvolvi uma teoria sobre o comportamento de Mr. Wickham. Quando ele chegou em Meryton, se aproximou da Bennet porque elas assim permitiram. Porém sua relação com Lizzie se estreitou provavelmente por estar ciente dos boatos que ligavam Jane a Mr. Bingley, afinal, apesar de os Bennet não terem dinheiro, um casamento seria bom para a famíla e para aqueles que a integrassem (não se esqueçam que no final ele e Lydia não saiam da casa de Jane). Com o retorno repentino de Mr. Bingley para Londres e os boatos de que eles não voltariam para Netherfield, Mr. Wickham volta suam suas atenções para Miss King, que ficara rica. Quando Lizzie retorna de Kent, Miss King partira, então Mr. Wickham volta suas atenções para Lizzie, porém descobre que ela já sabe toda a verdade. Então em Brighton, já com dívidas até o pescoço, ele foge com Lydia. Até então, não considero que Wickham soubesse dos sentimentos de Darcy, poderia no mínimo desconfiar a partir de comentários de terceiros, afinal a única vez que Darcy, Lizzie e Wickham estivera juntos foi quando o último chegou. Porém, quando Darcy o encontra em Londres, Wickham deve ter percebido a motivação de Darcy e se aproveitou da situação, afinal, tinha muitas dívidas e precisaria de um novo posto. Por fim, continuo achando que ele usou Lydia para atingir Lizzie.

    • Raquel Sallaberry

      Aline,

      essa conexão com os Bingley nem havia me passado pela cabeça… Mas é mais do que possível, e mais, Wickham conhecia Bingley e devia saber que era um rapaz amável por demais e certamente usufruiria sendo cunhado dele… Mais uma possibilidade!

  • Leticia

    Nossa, pessoal! Estou aqui lendo os comentários, tentando lembrar dos detalhes que vocês levantam junto com as especulações… Só lembro que Wickham havia feito a caveira de Darcy para Lizzie. Daí me pergunto: ele queria ou não se beneficiar de um casamento vantajoso?

    De qualquer modo, é muito bom perceber que há leitores de Jane Austen no Brasil para além da admiração mediana, a fanzoquice comum…

    Raquel, se você continuar levantando questões assim, juro que releio OP e RS e leio Emma, Persuasão e a Abadia.

    • Raquel Sallaberry

      Leticia,

      tenho o maior orgulho dos meus leitores – se vocês me permitirem, queridos, essa crise de posse – do Jane Austen em Português!

      Que tal marcar para o ano que vem essas leituras? Mas quero mesmo sua opinião sobre Mansfield Park…

    • Raquel Sallaberry

      Leticia,

      posso emprestar meu Mansfield… (rindo do meu esquecimento, aqui!)

    • Raquel Sallaberry

      Luiz Henrique,

      ótimo e depois nos conte sobre essa atitude de Mr. Wickham!

  • Leticia

    Nã-nã-niñã-não!!!!!!!!! Podeixá que eu compro. Não quero que se repita o episódio desses últimos… séculos!

  • Marina

    Levando em conta a citação feita pela Amanda Vieira, lembrei que há no livro uma tal Srta. King que herda uma soma de 10 mil libras do avô e que, por isso, começa a ser cortejada pelo Sr. Wickham. Isto foi comentado em carta da Sra. Gardnier a Lizzye. O tal casamento vantajoso que o espertinho menciona a Darcy deve ser este com a Srta. King.