web analytics
LIVROS JANE AUSTEN,  Mansfield Park

Mansfield Park 1958

O exemplar que comprei de Mansfield Park de 1958 é uma segunda edição da Livraria José Olympio Editôra e tradução de Rachel de Queiróz. Está bem estropiadinha, acidificada e sujinha e, pasmem, nunca foi lida por ninguém – ainda estava com as folhas sem corte como os livros eram feitos antigamente. Ficará um mimo assim que eu conseguir retomar meus trabalhos de restauração, me aguardem.

mp_1958_2

mp_1958_3

Descobri nas capas e páginas de propagandas informações preciosas como a tradução de Sense and Sensibility por Dinah Silveira de Queiroz com o título de Razão e sentimento, igual ao de Ivo Barroso e que na mesma época a tradução de Orgulho e preconceito de Lúcio Cardoso já estava na quarta edição!

Facebook Comments Box

14 Comentários

  • Mell

    Eu não li Mansfiel Park ainda. Vi fim de semana passada o filme e nossa, não gostei muito não. Espero que seja uma péssima adaptação como tantas outras.

    • Raquel

      Mell,

      minha pergunta é: qual versão de Mansfield você viu, 1999 ou 2007?

  • Elaine Dashwood

    Mas a de 1999 também não tem nada a ver com o livro. Fanny não é aquela espertinha cheia de respostas na ponta da língua que é retratada no filme – aquela é Jane Austen, que pretenderam vestir em pele de Fanny Price.

    Quanto ao livro, que aquisição, apesar de castigada! Depois dos trabalhos de restauração, queremos fotos!

    • Raquel

      Elaine,
      quando vi a versão de 1999, pensei mas como esta Fanny está bem disposta! Mas a de 2007 é de doer com o “casamento no gramado”…

      PS: a pilha para restauro está cada dia maior… ai meus sais… mas claro que farei um antes e depois.

  • Bia

    Olá Raquel! Agora fiquei com inveja desse seu lindo exemplar! haha
    Como não achei um post mais apropriado resolvi comentar neste mesmo… vc já leu a versão bilíngue de Mansfield Park da editora Landmark? Comprei esse fim de semana e já comecei a ler, mas quantos erros de pontuação! e a tradução deixa muuuuito a desejar… do pouco conhecimento que tenho de inglês, comparando com o original, passa muitas idéias erradas! realmente fiquei decepcionada… além de ter sido meio carinho…
    Procurei pela tradução da Rachel de Queiroz mas é muito difícil de achar!

  • Alda

    Gostaria de saber onde posso adquirir essa tradução de Rachel de Queiroz.

    Obrigada

    • Raquel

      Alda,

      a tradução de Rachel de Queiroz, a única tradução brasileira recomendada, é difícil de achar, mas já comprei uns quatro exemplares no site da Estante Virtual.

  • Alda Porto Santos

    Como poderia arranjar um exemplar de Mansfield Park em português?