web analytics
LIVROS JANE AUSTEN,  Orgulho e preconceito

Jane Austen em esperanto

A curiosidade de Jane Austen em esperanto fica por conta, não das capas que não encontrei, mas do texto de Orgulho e preconceito. Estão disponíveis sete capítulos nesta página: Eperanto-Literaturo.

O título se bem entendi ficou como Fiereco kaj antaŭjuĝemo (ou será Enhavo?).  O autor da adaptação/tradução Donald J. Harlow.

Transcrevo a famosa frase inicial, que me parece condensada.

Estas veraĵo universale agnoskata, ke fraŭlo kun bonhavo certe bezonas edzinon.

PS: Quem disse que esperanto é fácil?!

Facebook Comments Box

6 Comentários

  • Celina

    Juro que um dia encontro tempo e vou estudar esperanto (depois ou antes do russo, oh dúvida cruel!). Fantástica a primeira frase! É bem verdade que eu li sabendo do que se tratava, mas até acho que daria para reconhecer. 😉

    • Raquel

      Celina,

      eu pouco, ou melhor, quase nada conheço de esperanto e vendo esta tradução percebi que não é nada simples. Estudar é sempre uma delícia. Eu quero estudar latim, me imagino jogando namoriscando Marco Antonio. Charming cad (sigh)!

    • Raquel

      Olá, Toño

      muito obrigada! Entendo espanhol (mas não escrevo em espanhol) e agora percebi que é apenas o conteúdo (contenido).

  • Cândido Ruiz

    Bem pode não ser tão fácil quanto fritar um ovo, mas fiquei fluente em 3 meses e não encontrei ninguém até hoje que tenha dito o contrário.
    Eu também quero aprender Russo e latim, tenho sorte de ter aprendido o esperanto antes já que existe o efeito propedeutico do esperanto já comprovado por varias universidades americanas, francesas e alemãs.
    P.S.: Para quem não entendeu, o esperanto comprovadamente facilita em no mínimo 25% o aprendizado de qualquer idioma.

    • Raquel

      Cândido,
      não sabia que o esperanto tinha efeito propedêutico… Mas confesso que considero fritar um ovo uma tarefa bem difícil. Nada que supere uma correta colocação de vírgulas, é claro!