web analytics
LIVROS JANE AUSTEN,  MISCELÂNEA,  Orgulho e preconceito

Elizabeth Bennet, heroína fundamental

Elizabeth Bennet é uma das heroínas mais citadas por quem encontra na literatura inspiração para a vida assim como a ministra Maria Elizabeth Rocha:

Se tivesse de escolher uma personagem da literatura, a ministra do Superior Tribunal Militar Maria Elizabeth Rocha diz que seria Elizabeth Bennet, de Orgulho e Preconceito, da britânica Jane Austen.

Casada com o general da reserva Romeu Ribeiro Bastos, Maria Elizabeth, primeira e única mulher da mais antiga corte do país, considera sua xará uma “cinderela feminista”. Ela diz que os personagens femininos da literatura foram fundamentais para a formação de sua personalidade.

Artigo completo no Consultor Jurídico:
Os livros da vida da ministra Maria Elizabeth Rocha

Facebook Comments Box

2 Comentários

  • Marina

    A ministra Maria Elizabeth é das minhas! Me identifiquei muito com o fato de os livros mexerem tb com seu universo, eu sou assim! E claro, Lizzie é minha heroína fundamental tb! Fiquei feliz em saber que mulheres poderosas como a ministra curtem de tudo e não escondem, então, viva minhas coleções vampirescas açucaradas ou de anjinhos apaixonados, assim como ela, seu Harry Porter e Sex in the City!!! A “Casa de Bonecas” mudou a vida dela e Jane mudou a minha! Jane me ajudou a me revalorizar como mulher, como ser humano, a não aceitar qualquer sujeira como “verdade-realidade” do mundo e que respeito e consideração pelas pessoas podem ser as maiores provas de amor que existem, mais que um simples “eu te amo”. Eu sempre digo que amar é muito fácil, difícil é saber valorizar esse amor.

  • Raquel Sallaberry

    Marina,

    é muito bom perceber que um bom autor te muda com consciência!