web analytics

Não é exatamente um rua, mas um “close”, que ontem no Twitter traduzi como travessa. Que cabeça, a minha… É na verdade uma rua sem saída, um beco. Que nome feio, beco… Deve haver outro. Alguém me acuda!

Ah! mas é um lugar literário e os becos tem nomes de autores famosos. E para arrematar ficam todos próximos ao Shakespeare Crescent. Não é uma maravilha?

Jane Austen Close, Gaer, Newport, UK | Travessa Jane Austen
Google Street View

Views: 121

Artigos recomendados

6 comentários

  1. Consultei o dicionário e encontrei “viela”, mas para falar a verdade acho que não ajuda muito… Entre beco e viela, qual o mais aceitável?

  2. Sem querer insistir no assunto, mas olha só como a jardinagem dá um plá na vida urbana! Embeleza até a casa mais simplezinha. E nós aqui, lascando cimento em tudo!

  3. Concordo plenamente com a Leticia. E acrescento que além do hábito de jardinagem não ser muito observado em terras tupiniquins, quando alguém solitariamente decide fazer algo do tipo, algumas pessoas vem e estragam todo o trabalho… A placa não “Pise na Grama” não é mais respeitada como antigamente… Para falar a verdade acho que ela nem deveria ser necessária, mas fazer o quê, não é? Desta forma, fica todo um aspecto muito estranho e a “solução” mais rápida e – nem por isso a mais bacana – é jogar logo cimento em tudo. Uma pena…

    1. Júnior,

      uma pena mesmo, fica tão mais bonito e ecológico, se quiserem…

Comentários estão encerrado.