web analytics
FILMES & SÉRIES,  LIVROS JANE AUSTEN

Descobrindo o Hertfordshire em Howards End

Lendo Howards End descubro o Hertfordshire dos Bennets. Margaret Schlegel, a personagem principal e um misto de Elizabeth Bennet e Anne Elliot (em uma maneira mais moderna) detesta viagens de carro e faz a observação abaixo quando vai de Londres para conhecer Howards End, a casa que será dela, no Hertfordshire.

Perhaps Hertfordshire is scarcely intended for motorists. Hertfordshire is England at its quietest, with little emphasis of river and hill; it is England meditative.

Talvez o Hertfordshire dificilmente seja destinado para motoristas.  O Hertfordshire é a Inglaterra em seu modo mais sereno, sem grandes destaques de rios e montes. A Inglaterra contemplativa.

Howards End, E. M. Forster
Howards End, E. M. Forster

Há muito tempo assisti o filme e só agora leio livro. Emma Thompson (Margaret Schlegel) e Anthony Hoppkins (Henry Wilcox) estavam, como sempre brilhantes. Emma, você sabem fez Elinor Dashwood em 1995 mas há outros dois atores que também fizera papéis em filmes de Jane Austen:

  • Prunella Scales no papel de Aunt Julie – Miss Bates 1996 e Lydia Bennet 1952
  • Samuel West como Leonard Bast – Mr. Elliot em 1995
Howards End, filme de James Ivory, 1992
Howards End, filme de James Ivory, 1992
Facebook Comments Box

4 Comentários

  • Leticia

    Tem esse DVD aqui em casa. Só com legendas, o que acho que um botocudismo sem-fim levando em conta que esse tipo de filme agrada muito ao pessoalzinho da terceira idade. É nosso baixíssimo nível de exigência.

    Resultado: papai e mamãe viram pela segunda vez outro dia. Pena que eu estava cheia de trabalho e não pude acompanhá-los.

    • Raquel

      Lerticia,

      nem havia me ocorrido a necessidade de dublagem mas você tem toda razão, é preciso oferecer essa opção.