Orgulho e preconceito | Guerra e Paz

A editora portuguesa Guerra e Paz lança nova tradução de Orgulho e preconceito no bicentenário da morte de Jane Austen. O livro chegará às livrarias a partir de 6 de setembro. O tradutor é Diogo Ourique.

Tomei conhecimento desta edição lendo os comentários de Vera Santos, do Jane Austen Portugal e que já escreveu como leitora-convidada aqui no Jane Austen em Português. Vera não gostou nem um bocadinho da capa.

Eu confesso que não me desagradou e que já vi capas de arrepiar os cabelos. Aguardemos para ver o que as meninas de Portugal dirão desta nova tradução.

Eis a capa, o que vocês acham?

Orgulho e preconceito Guerra e Paz

Orgulho e preconceito Guerra e Paz

 

Novelas Inacabadas na Biblioteca Nacional de Portugal

As Novelas Inacabadas de Jane Austen estão na Biblioteca Nacional de Portugal, junto com a edição comemorativa de Razão e sentimento, e já disponíveis para o público como vocês podem ver neste link. Fica o aviso para as Janeites de Portugal, em especial as de Lisboa.

Em maio deste ano minha amiga Rita Watts do All Things Jane Austen participou de um evento em Portugal em homenagem a Jane Austen e entregou em meu nome o box da Nova Fronteira na tradução de Ivo Barroso e apresentação minha das Novelas Inacabadas: Os Watsons e Sanditon e posfácio de Razão e sentimento, para a Biblioteca Nacional de Portugal.

Ao dar uma olhada no acervo da biblioteca vejo que preciso comprar ainda muitos livros de Jane Austen em traduções portuguesas e também relembrei leituras comparadas que fiz com a amiga Cátia Pereira. Um dia volto para esses estudos!

Novelas Inacabadas Biblioteca Portugal

Novelas Inacabadas Biblioteca Portugal – Box Nova Fronteira

 

Mostra Jane Austen em Portugal

Jane Austen em Portugal: (con)textos é o título da mostra sobre a autora que ficará do dia 10 de maio até 1 de julho na Biblioteca Nacional de Portugal, na sala de referências com entrada livre.

Rogério Miguel Pulga que já coordenou hoje, 10 de maio, a conferência Jane Austen 200, Portugal fala sobre a mostra das traduções de Austen:

A presente mostra demonstra, de forma representativa, o sucesso da obra de Jane Austen em Portugal, desde as primeiras traduções dos seus romances — Sense and Sensibility (1811), Pride and Prejudice (1813), Mansfield Park (1814), Emma (1815), Northanger Abbey (redigido em 1803, publ. 1817) e Persuasion (1817) —, às quais se têm juntado, recentemente, versões das suas narrativas ficcionais mais desconhecidas e que fazem parte da sua Juvenilia.

Estou felicíssima com esta mostra pois como vocês sabem tenho o maior carinho pelas poucas traduções portuguesas que tenho no meu acervo e será mais um incentivo para adquirir outras tantas. Assim que tiver algumas imagens da mostra compartilharei com vocês aqui neste post.

Mostra Jane Austen em Portugal: (con)textos

Mostra Jane Austen em Portugal: (con)textos

Orgulho e preconceito em mirandês

Orgulho e preconceito em mirandês, traduzido por Fracisco é mais uma tradução de Jane Austen. Esta notícia chega do Jane Austen Portugal que a partir de hoje passará a publicar por capítulos.

Esta língua é falada no Nordeste de Portugal, no distrito de Bragança, junto às Províncias de Zamora e Salamanca e conta com uns 7 000 falantes. Detalhes na Wikipedia: Língua mirandesa.

Citarei apenas a famosa abertura pois o primeiro capítulo completo já está publicado: Proua i Percunceito – Capítalo I

Ye ũa berdade sabida an todo l mundo que un home sulteiro, duonho dũa buona fertuna, ten de percisar dũa mulhier.

Anque pouco se saba de ls sentimientos ou oupeniones dun home nessas cundiçones quando passa a morar nun sítio nuobo, essa berdade stá tan metida na cabeça de las famílias de la bezinança, que el ye lhougo tenido cumo lhegítima propiadade dũa de las sues filhas.

Parabéns, meninas do Jane Austen Portugal, que bela iniciativa!