web analytics
  • Persuasão

    Processo Landmark: resultado final

    Em 12 de abril de 2017 o Tribunal de Justiça de São Paulo entendeu que de fato foi demonstrado plágio no caso dos livros Persuasão (Jane Austen) e O morro dos ventos uivantes (Emily Brönte) publicados pela editora Landmark em 2007…

  • Persuasão

    Processo Landmark: resultado

    Para quem não conhece o processo, e não quer ler um documento relativamente grande, faço um resumo dos acontecimentos: a editora Landmark, que publica livros de Jane Austen no Brasil, em 2010 processou a mim, Raquel Sallaberry  Brião e a…

  • MISCELÂNEA

    As boas companhias

    plágioNada como estar em boa companhia. É assim que me sinto quando leio a reportagem de Fábio Victor sobre Denise Bottman, na Folha de São Paulo, “Guerrilheira antiplágio” (PDF completo no site da editora L&PM) e o bem-humorado post de…

  • Persuasão

    Letras sob suspeita

    “Letras sob suspeita” é o título de matéria do jornalista Cadu Caldas para o Jornal do Comércio de Porto Alegre (16, 17 e 18 de abril de 2010) sobre plágios de traduções e menciona o meu caso  e de Denise…

  • LIVROS JANE AUSTEN

    Importante

    caso martin claret x denise bottmann atualizando: em relação ao caso do sr. martin claret contra minha pessoa, por alegada difamação e crime contra sua honra, o juiz em primeira instância não havia acolhido a queixa-crime, rejeitando-a liminarmente por insuficiência…

  • Persuasão

    Esclarecimento

    Estou aguardando a chegada da notificação judicial para saber o motivo do processo da Editora Landmark e do senhor Fábio Cyrino contra mim. Tudo que sei até o momento é o que está na internet: Livros e Afins , Todo…

  • LIVROS JANE AUSTEN

    Plágios a mancheias

    Nestas duas últimas semanas foram três notícias de plágios. Começo com o blog não gosto de plágio pois trata do livro mais amado de Jane Austen, Orgulho e preconceito. Reproduzo um trecho do post “orgulho e preconceito da best seller”…

  • LIVROS JANE AUSTEN

    Uma ótima notícia!

    A tradutora Denise Bottmann havia sido interpelada por uma queixa-crime feita pelo senhor Martin Claret, proprietário da editora Martin Claret, que a acusava de difamação por ter trazido a público inúmeros plágios, dentre eles Orgulho e preconceito, que foi plagiado da…