web analytics
MISCELÂNEA

Os móveis da senhora Dashwood

Quando a viúva Dashwood partiu finalmente de Norland com as três filhas, Elinor, Marianne e Margaret, a senhora John Dashwood ficou aliviada. Mas como toda “alminha seca”*…

Mrs. John Dashwood saw the packages depart with a sigh: she could not help feeling it hard that as Mrs. Dashwood’s income would be so trifling in comparison with their own, she would have any handsome article of furniture.

A sra. John Dashwood viu a mudança partir com um suspiro: não pode deixar de sentir despeito de que a madrasta, com rendimentos muito inferiores aos seus, possuísse tão belas peças de mobiliário. | Razão e sentimento, cap. 5, trad. Ivo Barroso |

Jane Austen, sempre atual, deixa claro que o dinheiro não é bom gosto, como podemos comprovar folheando revistas de famosos de nossos dias.

Fiquei imaginando como seriam os móveis da senhora Dashwood e selecionei duas imagens do site Chappel McCullar onde vocês poderão ver muitas outras peças do período de George III.


Lindas cadeiras (c. 1785)


Armário para livros (c. 1790)
.
Sonho de consumo para colocar meus livros de Jane Austen…

* by Denise Bottmann

Facebook Comments Box

6 Comentários

  • Júnior

    Muito belos. Mr. Collins teceria infindáveis elogios a estes móveis. Ainda mais se fossem de propriedade de Lady Catherine de Bourgh. 🙂

    • Raquel

      Júnior,

      muito bem lembrado! Já vejo Mr. Collins com olhares cobiçosos para cima dos móveis da pobre viúva!

  • Karen

    Uau, que belos móveis nos apresenta a “Chappel McCullar”! Eu, particularmente, amo coisas antigas e isso inclui mobiliários, em especial os ingleses e os franceses.
    Como eu adoraria possuir uma daquelas estantes do tempo de Jane, como a que se encontra na Chawton House, que abriga as primeiras edições dos livros da nossa amada escritora.
    🙂

    • Raquel

      Karen,

      escolhi essa estante porque parecia com a estante da Chawton House.