web analytics

Estes últimos verões em São Paulo tem sido escaldantes e tenho sonhado com um verão no Hampshire! Enquanto isso me contento com uvas fresquinhas que me fazem lembrar a velha parreira da casa da vovó-dinda.

Com vocês, um trecho de cada um dos seis livro de Jane Austen sobre o Verão!

© Foto minha. Estavam saborosas!

Razão e sentimento

Marianne se restabelece de sua doença e faz planos de felicidade para o verão:

I know we shall be happy. I know the summer will pass happily away.

Sei que vamos ser muito felizes. Sei também que o verão passa depressa.
| trad. Ivo Barroso |

Orgulho e preconceito

A senhorita Bingley e a irmã, senhora Hurst, fazem pouco de Elizabeth comentando a pele dela está escurecida e grosseira. O senhor Darcy não vê nada de mais no fato…

However little Mr. Darcy might have liked such an address, he contented himself with coolly replying that he perceived no other alteration than her being rather tanned — no miraculous consequence of travelling in the summer.

Por mais que essas palavras desagradassem ao senhor Darcy, ele se limitou a responder friamenteque não percebera nela nenhuma alteração, a não ser que estava um pouco queimada, fato que nada tinha de milagroso, quando uma pessoa viajava no verão.
| trad. Lúcio Cardoso |

Mansfield Park

Uma jovem mulher no verão, mais precisamente Mary Crawford, é o suficiente para deixar Edmund completamente apaixonado.

A young woman, pretty, lively, with a harp as elegant as herself, and both placed near a window, cut down to the ground, and opening on a little lawn, surrounded by shrubs in the rich foliage of summer*, was enough to catch any man’s heart. The season, the scene, the air, were all favourable to tenderness and sentiment.

Uma linda e graciosa jovem, com uma harpa tão elegante quanto ela própria, ambas colocadas em frente a uma janela abrindo para um pequeno pátio cercado de arbustos de ricas folhagens*, era suficiente para prender o coração de qualquer homem. A estação, o cenário, o ar, tudo era favorável à ternura e ao sentimento.
| trad. Rachel de Queiróz |

* não foi traduzido a palavra verão e nesse caso não se sabe a estação a que se refere a frase seguinte.

Emma

Para o senhor Woodhouse visitas só no verão, e mesmo assim no próximo verão!

I think it would be much better if they would come in one afternoon next summer, and take their tea with us – take us in their afternoon walk; which they might do, as our hours are so reasonable, and yet get home without being out in the damp of the evening.

Acho que teria sido muito melhor se eles viessem uma tarde destas no próximo verão tomar chá conosco; podiam vir em sua caminhada da tarde, que deviam fazer, já que nossos horários são bastante razoáveis, e voltar para casa sem sofrer a umidade da noite.
| trad. Ivo Barroso |

A abadia de Northanger

Henry e Catherine tiveram que esperar até o casamento de Eleanor, que aconteceu em um verão, fato abrandou o mau gênio do General.

The circumstance which chiefly availed was the marriage of his daughter with a man of fortune and consequence, which took place in the course of the summer — an accession of dignity that threw him into a fit of good-humour, from which he did not recover till after Eleanor had obtained his forgiveness of Henry, and his permission for him “to be a fool if he liked it!”

A circunstância da qual principalmente se beneficiou foi o casamento de sua filha com um homem de fortuna e respeitável, que ocorreu durante o verão – uma adesão de dignidade que o colocou em um estado de bom humor, do qual ele não recuperou até depois que Eleanor obteve o perdão para Henry, e sua permissão para ele “ser tolo se assim ele se agradasse!”
| trad. mea culpa* |

* a tradução desse parágrafo por Lêdo Ivo ficou mesclada com outros parágrafos então achei por bem colocar a minha que seria mais curta.

Persuasão

Para Anne e Frederic tudo iniciou no verão de 1806!

He was not Mr. Wentworth, the former curate of Monkford, however suspicious appearances may be, but a Captain Frederick Wentworth, his brother, who being made commander in consequence of the action off St Domingo, and not immediately employed, had come into Somersetshire, in the summer of 1806; and having no parent living, found a home for half a year at Monkford.

Ele não se tratava do Sr. Wentworth, antigo cura de Monkford, por mais suspeitas que fossem as aparências, mas de um certo Capitão Frederic Wentworth, seu irmão, que, tendo sido promovido a comandante em consequência  de uma batalha em São Domingo, e sem ocupação logo em seguida, viera a Somersetshire no verão de 1806; e, não tendo pais vivos, conseguira uma casa por meio ano, em Monkford.
| trad. Luiza Lobo |

Views: 82

Artigos recomendados

5 comentários

  1. Enquanto aí é verão, aqui no norte estamos em época de chuva, com um agradável clima fresco. Já estou lendo Orgulho e preconceito. No início não estava conseguindo passar sentimentos para a leitura, ainda não sei exatamente o porquê disso, mas agora está muito agradável. Estou na parte em que os sobrinhos de Lady Catherine deixam Rosings. Desejo-lhe uma ótima tarde.

    1. Nana,

      ah! um clima agradável… aqui chove também, mas logo está um calor terrível. Boa leitura de Orgulho e preconceito!

  2. Uvas são um bálsamo nesse drama mexicano em que estamos.

    Aposto que esse cacho exuberante não existe mais…

  3. Que vontade de tomar um suco de uva deu agora pra aliviar esse calorzão que faz aqui no Nordeste! HUMMM

Comentários estão encerrado.