web analytics
MISCELÂNEA

Notícias de Jane Austen

As notícias do mundo Jane Austen com a celebração do bicentenário de Orgulho e preconceito somados a minha falta de tempo por compromissos pessoais, acumularam-se de tal modo que muitos textos que seriam publicados individualmente publicarei aqui no notícias de Jane Austen.

Uma bela homenagem no Sul21, por Nikelen Witter: Orgulho e preconceito: 200 anos de um livro arrebatador

A escavações em Steventon, onde Jane nasceu e morou boa parte de sua vida, continuam: “Unlocking secrets from Jane Austen’s Steventon home

Resenha por Izabela Cristina do blog Caderno de Resenhas: “Emma – Jane Austen

Mansfield Park: um olhar feminino sobre a cegueira moral” por Jozieli Cardenal Wolff em seu blog pessoal.

Meus amigos de papel III – Elizabeth Bennet” por Marcia Caetano no blog Na Linha

Minha amiga Rebeca Miscow em seu Desanuviando também comemora: “200 anos de Orgulho e preconceito e a minha linhagem feminina

Entrevista com Colin Firth falando sobre suas preferências literárias, incluindo Jane Austen, no programa Open Book, da BBC Radio4.

6 Comentários

  • Jozieli Wolff

    Oi Raquel,

    Realmente, no início é difícil gostar de Fanny. Ainda não li Emma, mas já ouvi muito sobre ela – estou preparada, suponho.
    Não conhecia o seu site, gostei bastante, parabéns! Obrigada pelo lembrete da minha resenha.

    🙂

    Um abraço.

    • Raquel Sallaberry

      Jozieli,

      muito obrigada.

      Se me permite, recomendo Emma na tradução do poeta Ivo Barroso. A Saraiva de Bolso lançou essa tradução por ótimo preço: aqui.

    • Raquel Sallaberry

      Izabela,

      seja bem-vinda! Neste rede infinita vamos sempre conhecendo mais e mais,

  • Enzo Potel

    Que legal ele comentando dessa trajetória como leitor!!
    Do fato de não gostar dos livros que eram colocados na frente dele (imagina o terror que tantos jovens não passam na Inglaterra, tendo de ler Woolf, Austen ou Henry James antes dos 18 anos de idade), e então ele cai em o Som e a Fúria — que é um tipo de livro que não estabelece qualquer cumplicidade com o leitor — e ama, e ainda tem a chance de com o tempo conhecer New Orleans e o sul dos Estados Unidos e isso ser uma experiência tão maravilhosa quanto o sul da literatura. Eu já sonho em conhecer esses lugares por causa da Eudora Welty e da Flannery O´Connor. Que bom saber que dá certo misturar o lugar no mapa com o lugar da ficção!!
    Mas então Jane Austen vem em paz para ele com a maturidade. Perfeito! E o António Lobo Antunes, que só veio a ler Wuthering Heights com uns 70 anos de idade e amou o livro, viu-se inteiro na obra. E claro que é a cara dele. E os caminhos dos livros são infinitos; sem falar que nem sempre a gente ama o que é a nossa cara. kkkk
    adorei o video! Brigadon!

    • Raquel Sallaberry

      Enzo,

      Henry James antes dos 18 ninguém merece! Ler com prazer é viver duplamente.