web analytics
MISCELÂNEA,  Orgulho e preconceito

Mr. Wickham é inocente. Eu juro!

Pelo menos neste vídeo o nosso querido sacripanta não é culpado. Sejamos justas. Nada de fugas para Londres ou Ramsgate. Ele só está convidando para uma inocente pizza!

Com vocês, Arthur Horayan, o nosso Mr. Wickham brasileiro*, que na verdade é armênio, no comercial da iBabel.

*Peça Orgulho e preconceito, Grupo Fora de Foco

 

 

Facebook Comments Box

12 Comentários

  • Marina

    Egua do vídeo louco!! kkkkkkkkk!!

    *Raquel, qdo ele fez a peça, por acaso levou a caixa de línguas rs?

    • Raquel Sallaberry

      Marina,

      Arthur fala um português perfeito com um leve sotaque.

  • Eveline

    Quando vi a postagem fui vasculhar minhas fotos com o elenco, que tirei quando assisti à peça e descobri que não tirei nenhuma fotinha com ele! Que pecado!!!!

    • Raquel Sallaberry

      Eveline,

      pelo menos no dia que assisti ele saiu rapidamente, acredito que tinha outro compromisso e por esse motivo foi o primeiro que tirei a foto. Mas também não fotografei todo mundo.

  • Arthur Haroyan

    Muito obrigado pela atenção querida Raquel! Muito obrigado a todos pelos comentários!

  • Magda

    Muito legal!! Ele até me lembrou o Richard Armitage! Qual língua ele usaria para dizer Eu te Amo?

    • Raquel Sallaberry

      Magda,

      de fato Arthur tem alguma semelhança com Richard Armitage, creio que os olhos…

      Como Mr. Wikcham e atuando no Brasil, acredito que diria “eu te amo” ou “amo você”. Tudo com um leve sotaque.

      Mas em armênio não faço a menor idéia… Ele também fala russo!

  • Arthur Haroyan

    Raquel,
    em armênio seria Ես սիրում եմ քեզ (yes sirúm em qez)
    em russo seria Я тебя люблю (ya tebyá liublú)

    • Raquel Sallaberry

      Arthur,

      em russo são três palavras como em português e inglês, mas em armênio são quatro… Que diferente! Obrigada!

  • Arthur Haroyan

    Raquel,
    porque em armênio costumamos usar alguns verbos auxiliares!

    • Raquel Sallaberry

      Arthur

      os verbos auxiliares, sempre me esqueço deles. E agora também me ocorreu que inglês se quisermos enfatizar a declaração de amor é possível dizermos:

      “I do love you”

      Se é que é pertinente numa declaração de amor. Sutilezas das linguagens, um maravilha para estudar.