web analytics

A minha procura pelas capas de Jane Austen em outras línguas às vezes demora um bocado. Primeiro por saber poucas línguas e segundo que sempre tenho esperança de conseguir pelo menos os seis livros completos. Esta coleção em russo da editora AST não é exatamente bonita mas a tipografia dos nomes me encanta.

As capas dos livros mais conhecidos como Orgulho e preconceito e Razão e sentimento (ou sensibilidade) utilizam imagens dos filmes e o mais engraçado foi terem usado a imagem (BBC 1995) de Lizzie com o coronel Fitzwilliam e não Mr. Darcy!

Os nomes em russo, se é que copiei certo, são os seguintes:

  • Razão e sentimentoChuvstvo i chuvstvitel’nost’
  • Orgulho e preconceitoGordost i predubezhdenie
  • Mansfield Park e Emma – o mesmo (exceto quando usam caracteres não-latinos)
  • PersuasãoDovody rassudka – foi desmembrado em duas palavras, o que significará? Preciso urgente de um correspondente em Moscou, ai ai…
  • A abadia de NorthangerNortengerskoe abbatstvo

.

.

.

Abaixo a cena onde Elizabeth Bennet (Jennifer Ehle) e o coronel Fitzwilliam (Anthony Calf), primo de Mr. Darcy, conversam nos jardins de Rosings Park, na versão de 1995 da BBC.

Imagens: Capas da Amazon e filme captura de tela.

Visits: 123

Artigos recomendados

17 comentários

    1. Denise,
      obrigada! Fiquei curiosa para saber qual terá sido a tradução de Sense and Sensiblity… razão, bom senso, sentimento, sensibilidade ou mais ianda terá outra traduções??

  1. Nem reparei na capa de O&P, já estava achando que era o Mr. Darcy mesmo…

    Aproveitando, feliz Páscoa Raquel!

    1. Bárbara,
      foi o que imaginei que a maioria iria pensar pois muita gente não viu essa versão de Orgulho e preconceito!
      Obrigada, para você também.

  2. Oi Raquel!!
    Adoro História e em especial a história deste país. Amei ver as capas de JA em russo!!

    Beijos!

    1. Rebeca,
      é mesmo! mas a foto dos filmes denunciam alguns…
      Aproveitando o papo, li seu post “A lição de Anne” e vi que você também é fã de Band of Brothers. Acho essa série fantástica e atuação de Damian Lewis como Dick Winters é fabulosa. Você não percebe que ele é um inglês da gema! Aliás, eu comentei que ele seria uma boa pedida para Mr. Knightley. O que achas?

  3. eu a-do-ro Band of Brothers. Teve um final de semana que eu o passei todo assistindo a série completa. E tinha uma prova na segunda-feira. Pra vc ter uma idéia, em uma das questões, não sabia a resposta, então resolvi ser “sincera” com o professor e escrevi que não sabia a resposta pq tinha passado o final de semana vendo Band of Brothers,mas daí contei o resumo do série etc. Resultado: a questão valia 2 pontos, e eu ganhei 1,25!!! Não muito justo, sei, mas prova que Band of Brothers é valiosíssimo!
    e qto ao ator que fez o Cap. Winters…acho-o digno de representar um herói da Jane Austnen, sim. Seria perfeito! Charmoso, elegante, tem aquele porte de “mister”, e não é nenhum garotinho hollywoodiano – é um homem mesmo.
    Acho boa a sua sugestão. Será que um abaixo-assinado faria efeito? rsrsrs
    Bjos

    1. Rebeca,
      temo que não… acredito que não o achariam bonito o suficiente, pelo menos as admiradoras do senhor Armitage!

      PS: eu já sugeri outro ótimo ator britânico, James Purefoy, lá na Mags (AustenBlog) e somente uma moça da Espanha concordou comigo.

  4. bem que eu achei aquele Colin Firth meio estranho lol
    ahh tbm adoro Band of Brothers, mais nao consigo assitir tudo de uma vez não.
    Dick Winters (o ator) eh ingles??? nao sabia… Mas o RA ainda seria a minha escolha, mas já que não foi escolhido pra fazer Emma passei o feriado a assisti-lo na pele do Mr Thornton mesmo.

  5. acabei de ver no google umas imagens desse James Purefoy. não o conhecia de nome. é outra boa sugestão tb!

    1. Rebeca,
      Purefoy fez Marco Antonio em Rome, Rawdon Crawley em Vanity Fair, Edward, the Black Prince em Coração de Cavalheiro, Donald Farfrae em The Mayor of Casterbridge e por aí vaí…

    2. Rebeca

      você deve saber, mas como é meu Skakespeare favorito preciso citar

      “we few, we happy few, we band of brothers”

      estas são as palavras de Henrique V encorajando os famintos, doentes e alquebrados soldados ingleses para uma última batalha contra os franceses em Agincourt.
      Os ingleses venceram apesar do número muito menor de soldados, mas isso já é história!

  6. Olá, Raquel!

    Minha irmã me mostrou esse post das edições russas, e eu gostei bastante. Não estou em Moscou e, as a matter of fact, não sei russo; mas tenho um dicionário de russo, e vi que ‘Dovody rassudka’ significa ‘Argumentos da razão’. Espero que ajude… 🙂

    Por via das dúvidas, quando você achar sua correspondente russa, pergunte para ela se está correto, sim? 🙂

    1. Beatriz,
      muito obrigada! Está difícil achar um(a) correspondente em Moscou, indeed!
      E faz sentido quando lemos os últimos capítulos… pelo menos eu acho que faz.

Comentários estão encerrado.