web analytics
MISCELÂNEA

Jane Austen em Português: clipping

Artigo meu sobre Jane Austen na revista Literatura Conhecimento Prático que pode ser lido integralmente no site Literatura UOL.

Esclarecimento: as imagens que ilustram o texto não foram fornecidas e tampouco aprovadas por mim. Tanto que já pedi para substituir algumas no site (na revista impressa não é mais possível) pelas originais que eu havia enviado com o texto.

Agradeço a Yuri Botti, editor de arte, que se prontificou a retificar essa falha. UPDATE: Retificações feitas. Mais uma vez, muito obrigada!

Facebook Comments

18 Comentários

  • Natallie

    Oi, Raquel. No texto, diz as datas dos primeiros lançamentos dos livros de Austen em português no Brasil. São as datas e editoras certas? Porque eu perguntei a você sobre essas datas, mas vc disse que não sabia…

    • Raquel Sallaberry

      Natallie,

      as únicas que tenho data certa como primeira edição, e tenho os exemplares, são Orgulho e preconceito (Lúcio Cardoso) e Razão e sentimento (Dinah Silveira de Queiroz). As outras tenho informação de publicação. Mesmo Emma de Ivo Barroso não podemos afirmar (procure a entrevista dele aqui no blog), e estou pesquisando outra possibilidade. No texto forneci a informações que disponho no momento mas não posso afirmar que foram as de fato as primeiras edições.

  • Leticia

    Raquel, que texto gostoso de ler!

    Ainda bem que corrigiram. Vi as imagens anteriores e pensei: que raios é isso?
    Se se pode fazer uma matéria redondinha, com o próprio autor fornecendo as imagens adequadas porque sabe do que está falando, por que motivos resolveram colocar outras, com edições que todo mundo comenta serem duvidosas?

    Ai, meu Brasil varonil…

  • Deise Iv. da Cunha

    Ai que orgulho Raquel!!!! Parabéns!!!!! Que inteligente você, eu não sabia nem 20% das informações, Raquel é cultura!!!!! bjs flor.

  • Aline Viana

    Conheci seu site por meio da matéria na Conhecimento Prático. Gosto muito de Jane Austen e me surpreendi quando li no livro “Cem escovadas antes de ir para a cama”, que a autora Melissa Paranello, era fã de literatura erótica tendo, inclusive, entre seus autores preferidos Jane Austen. Essa informação procede? Nunca soube que a Austen escrevesse tipo de coisa…

    • Raquel Sallaberry

      Aline,

      pelo que tenho observado ultimamente algumas pessoas mencionam os livros e Jane Austen apenas para publicidade mas como não conheço a autora nem o livro mencionado, não saberia dizer se esse é um caso.

      Sobre erotismo nos livros de Jane Austen é algo tão sutil que para os nossos olhos e mentes atuais, tão cercados de vulgaridade e satisfação dos desejos de imediato, não nos é possível perceber.

  • Elaine Dashwood

    Fiquei curiosa para saber que imagens foram essas que eles colocaram! Estou de saída agora, mas assim que puder vou sentar com calma para ler o artigo!

  • Luciana Queiroz

    Comprei a revista e foi uma maravilha encontrar o seu nome e do blog lá. 🙂

    Parabéns pela divulgação.

  • Camila

    RAQUEEEEEEEEL!!!

    Menina, você não imagina a alegria quando abri o envelope da editora Escala, com a minha revista e me deparei com ninguém menos do que JANE AUSTEN na capa! Em êxtase, começo a folhear a revista descompromissadamente e descubro que você escreveu o artigo sobre Jane Austen. Aí foi demais! PRECISAVA vir aqui pra te agradecer imensamente pelo privilégio de ter em mãos algo escrito por você. Aproveitei os poucos minutos que tenho antes de ir trabalhar para dizer que degustarei seu artigo com todo cuidado e refinamento que ele merece (e já recomendei a revista para uma amigo meu apaixonado pelos escritos de nossa cara Jane).

    Beijoooos!

    • Raquel Sallaberry

      Camila,

      muito obrigada! Que bom que você gostou. O texto está online o que facilita para muita gente. Um abraço, raquel

  • Rebeca Lima

    Parabéns, Raquel! Adorei o texto, apesar de que a maior parte das coisas eu já tinha aprendido pelo blog, hehe. Mas é uma boa forma de espalhar Austen e informar quem ainda não conhece muito da Jane.

    • Raquel Sallaberry

      Rebeca,

      foi o que pensei quando escrevi o texto pois é distribuído em escolas.