web analytics
Jane Austen C. Hoare
BIOGRAFIAS

Jane Austen e o banco C. Hoare

Jane Austen foi cliente do banco C. Hoare & Co, o mais antigo banco privado do Reino Unido, fundado em 1672 por Richard Hoare que até hoje pertence e é administrado pela família Hoare.

Quando Jane abriu sua conta no banco, em julho de 1816, sua saúde já estava se deteriorando e como vocês podem ver na imagem tem apenas três créditos: os dividendos de ações da Marinha a 5 %. Após sua morte em julho de 1817, Cassandra sua irmã e herdeira, retirou o saldo de 45 libras.

Outra história interessante sobre Jane Austen e o banco C. Hoare ocorreu em 1898 quando este gerenciou uma arrecadação pública de fundos com o objetivo de instalar uma janela em memória de Jane na catedral de Winchester. A lista de colaboradores era variada como descrito abaixo:

Subscribers listed in the ledger range from Foreign Secretary Arthur Balfour to Jane’s American biographer Oscar Fay Adams and ‘An Admirer’, who gave the princely sum of 1s 6d.

“Os assinantes listados no livro de registro variam desde o secretário do exterior, Arthur Balfour, até o biógrafo americano de Jane, Oscar Fay Adams, e “Um Admirador”, que deu a soma principesca de 1s 6d.”

Pesquisei sobre esta soma, 1s 6d (1 shilling e 6 pennies) e não cheguei a uma conclusão se era uma quantia acima da média para uma doação que merecesse ser chamada de principesca ou era tão ínfima que valesse a piada. Se algum(a) leitor(a) do blog entender de finanças do final dos anos 1800, por favor, nos esclareça!

Um pequeno chiste: as irmãs de Mr. Bingley, Caroline e a senhora Hurst, revirariam os olhos se soubessem que o primeiro endereço deste banco foi em Cheapside. Para quem não lembra desta passagem, com a adorável resposta de Mr. Bingley às irmã, fica no capítulo 8.

2 Comentários

    • Raquel Sallaberry

      Luiz Henrique,
      muito obrigada. O site que mencionei dava várias opções de valores, com parâmetros que não conheço e serviu apenas para me deixar mais confusa.
      Com tua permissão vou colocar teu comentário no corpo do post e baseada nesse valor acrescentarei um comentário sobre a piada.

Deixe uma resposta