web analytics

Promessa de janeiro: Rua Jane Austen na cidade de São Paulo. Cumprida. Finalmente fui até a rua Jane Austen!

É uma rua pequenina, sem saída, como era possível deduzir pelo mapa, e fica na região de Santo Amaro, no bairro Parque Sabará (ou Campo Grande) na cidade de São Paulo. Um lugar simpático e quase estritamente residencial. Digo quase pois lá fica localizado o Colégio Santa Edwiges de educação infantil e ensino fundamental. Conversamos com a senhora Sueli, mantenedora do Colégio e moradora do bairro que nos recebeu muito gentilmente e nos contou que há muitos anos atrás a rua chamava-se Santo Antonio. Ficamos curiosas, eu e Leticia, mas ainda não consegui um contato com a sub-prefeitura para saber quem terá tido a ideia de trocar o nome da rua e homenagear Jane Austen.

Fiz um filmete de 30 segundos (veja no post acima) e algumas fotos para ficar registrada visita e também como um presente de Natal para nós, fãs de Jane!

Veja o restante das fotos clicando aqui

Views: 190

Artigos recomendados

7 comentários

  1. Muito curioso o fato de a rua ter tido seu nome trocado por “Jane Austen”. Quem teve a ideia deve ser um enorme fã de seus livros e, é claro, da própria Jane.

    Eu gostaria de viver nessa rua…

    🙂

  2. Karen, não posso deixar de comentar seu desejo de morar lá.

    Não poderia dizer a você que a rua Jane Austen fica longe, porque “longe” é um lugar que não existe em São Paulo. Primeiro porque tudo depende do ponto de vista. Segundo que nosso sistema de transportes está cada vez mais suprido de metrô e trens. Às vezes demoooora, mas logo logo será possível morar em Santo Amaro e ir ao Centro em menos de uma hora.

    Tranquila a rua é. Não é diferente da maioria das ruas aqui. Só acho – como sempre – que merecia umas fachadas mais arrumadinhas e uma jardinagem mais intensa.

    De resto, Santo Amaro é um local bem tranquilo (pelo menos tive uma infância feliz lá).

    1. Leticia,
      as flores que fotografamos estavam uma lindeza e se mais tivesse melhor serias. Eu adoro uma rua sem saída, fica tão aconchegante!

  3. Muito bacana, Raquel. O vídeo e as fotos estão ótimos. Concordo com você sobre ruas sem saída: elas tem um aspecto especial e acolhedor. Uma ótima semana a todos.

  4. Que interessante! Nunca ia imaginar que em São Paulo existiria uma “homenagem” dessas a esta escritora incrível. Bom saber ^^

Comentários estão encerrado.