web analytics
Fazendo planos com Marianne Dashwood
Razão e sentimento Razão e sensibilidade

Fazendo planos com Marianne Dashwood

Fazendo planos com Marianne Dashwood me parece um bom título, nestes dias de pandemia, para acompanhar este texto sobre uma ilustração de Hugh Thomson. Imagino que muitos de nós estamos fazendo planos para quando pudermos nos locomover livremente.  Certamente nos ocorrerá muitas coisas que fomos deixando para trás em nossos dias sempre tão corridos e que, com tempo que dispusemos, percebemos que são importantes para por em prática.

O título desta imagem de Hugh Thomson para Razão e sentimento é: “And see how the children go on”. Esta imagem não é uma cena que tenha ocorrido no livro e sim sobre os planos que Marianne faz para quando se recuperar de sua doença. E somente hoje quando pensei em publicar por achá-la encantadora foi que pesquisei para saber a que se referia a frase. Marianne conversando com Elinor, no capítulo 46:

When the weather is settled, and I have recovered my strength,” said she, “we will take long walks together every day. We will walk to the farm at the edge of the down, and see how the children go on; […]
— Quando o tempo estiver firme e eu recuperar as minhas forças — disse ela —, faremos longos passeios juntas, todos os dias. Vamos caminhar até aquela fazenda ao sopé do morro e ver como estão as crianças; […] (trad. Ivo Barroso)

Num primeiro momento imaginei que as crianças que Marianne planejava ver seriam os filhos de Lady Middleton, mas observando melhor a ilustração, as crianças me pareceram tímidas e com roupas muito simples.  Dei-me conta então que deveriam ser filhos de pessoas pobres. Nem nas melhores da intenções podiam ser os pequenos Middletons, mimados e insuportáveis!

A foto que ilustra este post é da edição comemorativa dos 200 anos de Razão e sentimento publicada pela editora Nova Fronteira, edição esta que tive o prazer de escrever o posfácio.

Deixe uma resposta