web analytics

Jane Austen faleceu em 18 de julho de 1817 e hoje faço minha homenagem com um dos sonetos de Shakespeare, na tradução de Ivo Barroso (50 sonetos, Nova Fronteira).

Soneto 106

Quando vejo nas crônicas antigas

A descrição dos seres mais perfeitos,

E o belo a embelezar as velhas cantigas

Em honra à dama e aos paladinos eleitos,

No blasonar da formosura rara

Que em mãos, pés, lábios, olhos, face aflora,

Sinto que a musa antiga decantara

Mesmo a beleza que detém agora.

Não passa tal louvor de profecia

Do nosso tempo, e já te prefigura;

Mas como só na mente é que te via,

Não pôde o teu valor cantar à altura.

E hoje, que temos olhos para ver,

Verbo nos falta para enaltecer.

Visits: 56

Artigos recomendados

2 comentários

Deixe uma resposta