… e a L&PM responde

Caros amigos,
Nós, aqui da equipe editorial da L&PM, agradecemos a menção/lembrança e palavras generosas à editora. É um antigo projeto nosso editar Jane Austen e, confesso, que o “post aberto” de vocês certamente vai acelerar o processo aqui na casa. Qualquer novidade, informaremos com primazia ao blog.
obrigado, abraço do ivan pinheiro machado

20 thoughts on “… e a L&PM responde

  1. Bom, embora já sobre resposta (ha, ha!) e a boa notícia de consideração… só para avisar que a minha presença e meu apoio estão incluídos nisso. =)
    Capas “enfeitadas” podem ser de “lucro”, mesmo que não para nossos bolsos e dar todo um toque a mais no livro, que seja, mas não é mais necessário que a leitura digna em sí, até “compensadora”, tratando dos preços, por assim dizer. Esperemos ansiosamente por um retorno satisfatório, então, não é?

  2. Que ótimo saber que eles também estão interessados!
    Agora, so resta aguardar para que a realização desse “sonho coletivo” não tarde para se contretizar.
    Assim , como eu disse no post anterior, só nos resta solidificar a corrente para acelerar o processo!

  3. Isso sim, são boas noticias!!!
    Cá deste lado do Oceano fico à espera!!!!
    Bjs

  4. opa! tomaraaaaa!!!

    ah! tou tão feliz! fiz minha primeira camiseta da Jane Austen hehehe. se quiser ver, eu posso passar o link por aqui.

    bjs

  5. YAY \o/ Finalmente! Espero que um dia ainda façam uma deluxe edition, como a Penguin fez de Jane Eyre, dos livros de Jane.

  6. Também gosto de livros de bolso e também gostei da resposta de Ivan Pinheiro Machado.

    *

    O mais importante no meu modo de ver é que a LP&M tem excelentes traduções. Jane Austen merece ser bem traduzida. Para quem não gosta de livros de bolso, peço: um pouco menos de orgulho e preconceito e um pouco mais de razão e sensibilidade.

  7. Excelente notícia! A L&PM possui ótimas traduções e tenho certeza de que trataria a obra de Jane Austen com muito cuidado, assim como fez com Agatha Christie e outros autores. Espero que levem a diante o “antigo projeto”.

Os comentários estão fechados.