web analytics

The Carte Noire Readers” me pareceu uma ótima idéia para vender um produto,  dois melhor dizendo, o café da Kraft Foods e os livros da Penguin, pelo menos para as Janeites do Reino Unido!

Eles colocaram três atores britânicos lendo trechos de obras, não só clássicas como também contemporânea: Greg Wise o Willoughby de Razão e sensibilidade (1995),  Dan Stevens o Edward Ferrars de Razão e sensibilidade (2008) e Dominic West o Bill Dunbar em Mona Lisa Smile (2003).

Coube a Dominic, que nunca fez papel algum em filmes de Jane Austen, ler o capítulo 34 de Pride and Prejudice onde Elizabeth recebe a proposta de Mr. Darcy. A escolha do trecho não poderia ter sido melhor e o rapaz tem uma bela voz. Vocês só precisam ter paciência pois o vídeo tem 12 minutos e dependendo da sua conexão custa um bocado para baixar. Eu sei, só em inglês… ai ai!

PS: Ai que vontade de tomar esse café… Enfim as amostras e possibildades de ganhar um exemplar da Penguin estão restritos ao Reino Unido.

PS2: Alguém conseguiu assistir o vídeo até o final? Eu programei o post para o final da tarde e deixei para assistir nessa hora também. Estou aqui com meu café (nada chique…) e no finalzinho travou! Será que há tanta gente assistindo que o site “baleiou”? Ou minha conexão?

Visits: 122

Artigos recomendados

15 comentários

  1. awww Raquel amei esse post, estava a pouco escutando o trecho, e acompanhando com meu exemplar, aiiai ainda tem Tess que eu amo tbm, peninha que o Matthew Macfadyen não está lendo nenhum trecho =/

    1. Nique,
      gostei bastante da leitura do Dominic.
      você conseguiu assitir todo o vídeo?

  2. Olá!!!
    Eu consegui ouvir os três até ao fim. Foi uma experência fantástica… Que vozes maravilhosas….
    Adorei!!!
    No u-tube ouvi no outro dia um “making of” de Orgulho e Preconceito de 1995 e também um Documentário sobre Orgulho e Preconceito. Tenho também as bandas sonoras do filme e da série de 1995 de Orgulho e Preconceito.
    Muitos Beijinhos

  3. Oi raquel,

    amei o post, só vc para achar essas pérolas.
    Vou ouvir ver mais tarde, em casa, mas concordo com a Nique…cadê o Matthew? rsrsrs
    Se bem que Mr.Macfadyen já andou recitando sonetos de Shakespeare por aí, vc já viu?

    1. Gisele,
      o senhor Macfadyen e sua voz de “mormaço” já seria além da conta, se é que você me entende…

    1. Mell,

      a atuação de Dominic confesso me agradou deveras. O pequeno silêncio para depois dizer calmamente, “You have said quite enough, madam. I perfectly comprehend your feelings, and have now only to be ashamed of what my own have been. Forgive me for having taken up so much of your time, and accept my best wishes for your health and happiness.”, foi encantador, foi exatamente como imagino Mr. Darcy, enfurecido, humilhado, mas refinado. Sempre.

  4. Raquel concordo planemante quando chega essa parte “You have said quite enough, madam. I perfectly comprehend your feelings, and have now only to be ashamed of what my own have been. Forgive me for having taken up so much of your time, and accept my best wishes for your health and happiness.” Nossa, realmente parece que escutamos o proprio darcy.
    Ah sim consegui assistir tudo, algumas vezes eu não sabia se acompanhava a leitura no livro ou olhava pra tela lol. Mais eu adorei, quando acabei de assistir lembrei que a Globo fez algo parecido com Dom casmurro, quando fizeram a minisserie alguns atores e anonimos leram capituos, bem legal, mais melhor mesmo é com esses atores =D

  5. Adorei a leitura de Dominic West, principalmente o trecho que vocês destacaram. Mas também gostei lá no início, quando ele diz que Elizabeth cumprimentou o sr. Darcy “with cold civility”. A cara de desprezo que ele faz!

    Obs.: todo mundo o conhece por causa de “Sorriso de Mona Lisa”, mas, para mim, ele sempre será o Lisandro de “Sonho de uma noite de verão”.

    1. Elaine,
      parece que os fãs dele em uma série não gostaram muito. Veja o comentário: “OMG. humiliation for McNulty. How much did you pay him? Are you sitting comfortably? I mean please.”

  6. Raquel, muito obrigada por mostrar o vídeo da leitura do P&P. Puxa, o ator é incrível! Será que esses atores ingleses já nascem assim, ou será que é treino? 😉
    Minha irmã – que foi quem me mostrou esse seu post – pôs um link para o vídeo no Pemberley, e as mulheres de lá adoraram. Parabéns a você por ter “desencavado” isso!

    1. Beatriz,
      acredito que os atores ingleses trabalham muito para chegar lá e a maioria deles obrigatoriamente passa por Shakespeare antes de mais nada. Tem um filmete ótimo sobre esse assunto que postarei mais adiante.

Comentários estão encerrado.