web analytics
Barton Cottage 1971
FILMES & SÉRIES,  Razão e sentimento Razão e sensibilidade

Barton Cottage 1971 a 2008

O post “Barton Cottage, 1971 a 2008” é sobre os imóveis usados para os filmes e/ou séries inspiradas em Sense and Sensibility, nos anos 1971, 1981, 1995 e 2008.

A descrição do imóvel, que segue abaixo no original em inglês e traduzida para o português, é escassa mas mesmo assim é suficiente para termos uma ideia para comparar com as casas das quatro filmagens.

Como moradia, Barton Cottage, embora pequena, era confortável e sólida; mas como casa de campo estava incompleta, pois a construção era regular, coberta de telhas, as janelas não estavam pintadas de verde nem as parede cobertas de madressilvas. Uma estreita passagem levava diretamente através da casa até o quintal. De cada lado da entrada havia uma sala de estar com cerca de vinte metros quadrados; além, a zona de serviço e as escadas. Quatro quartos e duas águas furtadas formavam o resto da casa. Não tinha sido construída há muitos anos e estava em boas condições. Comparada com Norland, era sem dúvida pobre e pequenina! (trad. Ivo Barroso)

As a house, Barton Cottage, though small, was comfortable and compact; but as a cottage it was defective, for the building was regular, the roof was tiled, the window shutters were not painted green, nor were the walls covered with honeysuckles. A narrow passage led directly through the house into the garden behind. On each side of the entrance was a sitting room, about sixteen feet square; and beyond them were the offices and the stairs. Four bed-rooms and two garrets formed the rest of the house. It had not been built many years and was in good repair. In comparison of Norland, it was poor and small indeed!

A montagem de fotos acima do texto, é da série de 1971. A casa não é mostrada em sua totalidade e tampouco consegui encontrar a locação da filmagem. A primeira imagem é das Dashwood sendo recebidas por uma criada em Barton Cottage; a segunda é da parte do fundos da casa, com a sra. Dashwood e Elinor olhando para o jardim; a terceira é Edward atravessando um gradeado que dá para o jardim; e por fim, a quarta, vemos sob perspectiva do gradeado, Marianne sentada no jardim.

Barton Cottage 1981

Na série de 1981 temos uma visão melhor da casa que foi filmada em Came Cottage, chalé próximo a Winterborne no condado de Dorset. A primeira imagem é da chegada com a sra. Dashwood e Marianne no chalé; a segunda outro ângulo da casa; a terceira mostra uma criada entrando pelo portão com as compras; e a última, no jardim, estão Elinor escrevendo sobre aqueles tabuleiros portáteis conversando com a mãe e ao fundo o jardineiro arrumando os canteiros de rosas.

Barton Cottage 1995

No filme de 1995, Efford House, em Hobelton no condado de Devon, foi a casa utilizada como Barton Cottage. A primeira imagem é chegada na casa com Marianne correndo para dentro de casa para se livrar da recepção de Sir John Middleton e a sra Jennings com uma porção de cachorros; na segunda, Willoughby com a sra. Dashwood, Elinor e Marianne na porta principal; a terceira é de um piquenique na frente de casa com a sra. Dashwood e as três filhas, e Willoughby que não aparece na tomada da cena; e última é uma vista mais ampla da casa e o terreno ao seu redor.

Barton Cottage 2008

A filmagem da série de 2008 deo chalé de Barton foi na Blackpool Mill Cottage, no norte de Devon e tiveram que improvisarem uma entrada para o chalé, pois na casa original esse lado só tem janelas. Para a primeira imagem aproveitei essa linda tomada área da casa e também dos penhasco da costa marítima; a segunda é um piquenique, como na versão de 1995, desta vez enquadrando não só as Dashwood, como também Willoughby; na terceira, outro angulo da casa com a chegada do coronel Brandon; na última, Margaret sobe correndo as escadas que vão para porta (que agora sabemos falsa) para avisar da chegada Edward Ferrars.

Qual das quatro locações vocês acham que se aproxima mais da descrição do livro, ou até mesmo se nenhuma delas satisfaz plenamente o que vocês imaginam de Barton Cottage?

No final do mês, vou sortear alguma presente para quem comentar aqui no post, e podem comentar entre si, pois a meta é conversar!

Facebook Comments

6 Comentários

  • Dandara Machado

    Olá Raquel,

    Acredito que seja a de 1995, com a porta que dá diretamente no quintal ou jardim; há uma janela em cada lado da porta de entrada, significando que deve haver duas salinhas. Apesar de existirem cinco janelas em cima, pode-se imaginar uma em cada quarto e outra em um pequeno corredorzinho entre eles.
    Não sei se por água furtada dá para se entender aquelas pequenas janelinhas lá no telhado. É pequena e pobre em comparação com Barton. Tem uns galhos em algumas partes das paredes, mas certamente não está coberta de madressilvas… Me pareceu a mais semelhante com a descrição, em meu ponto de vista.

    • Débora

      Acredito que a locação de 1981 se aproxima mais da descrição, com o corredor até os fundos, com espaços dos dois lados e de tamanho aproximado. Linda!

      • Raquel Sallaberry

        Débora, a de 1971 também dá para imaginar esse corredor que atravessa a casa e leva para o jardim na parte dos fundos.

    • Raquel Sallaberry

      Dandara, não havia pensado que a quinta janelinha poderia ser do corredor que dá para as escadas… Sim, águas furtadas são aquelas janelinhas.

  • Dandara Machado

    Eu entendi que a passagem estreita através da casa até o quintal era dentro da própria casa mesmo (a pessoa poderia sair de dentro dela já no jardim) por isso a minha escolha.

  • Fernanda Huguenin

    Das fotos achei o chalé de 2008 tão pobre e simples!

    Na descrição do livro fala que Barton Cottage é uma casa nova e confortável mas que apenas é pequena e pobre se comparada com uma mansão.

    Então acho que o chalé de 1995 se aproxima da descrição, eu acho rs.

    Uma pena que Jane não chegou a incluir uma ilustração da casa na primeira edição! Assim ficaria mais fácil de vizualizar e comparar os das adaptações.

Deixe uma resposta