web analytics
LIVROS JANE AUSTEN,  MISCELÂNEA

Abrindo espaço para Jane. Eyre.

Deixo de lado a pirraça de Charlotte Brontë com nossa Jane (Austen) para dar uma notícia de outra Jane (Eyre).

A editora L&PM vai lançar no segundo semestre, na Coleção L&PM Pocket, Jane Eyre.

E daqui em diante passo o assunto para a Carolina do Leituras Brontëanas que tenho certeza tratará com competência devida o assunto.

UPDATE: Além de Jane Eyre mais novidades no Leituras.

Blog Leituras Brontëanas

Facebook Comments Box

8 Comentários

  • Rebeca Lima

    Jane Eyre é um dos meus livros favoritíssimos. O Morro dos Ventos Uivantes também. As irmãs Brontë eram geniais.
    A tradução que eu tenho de Jane Eyre é da editora Paz e Terra, e eu adoro. Já O Morro dos Ventos Uivantes, eu tenho a tradução da Rachel de Queiroz, daquela coleção que a Abril lançou há uns anos, que a capa é de tecido (essa da foto de Orgulho e Preconceito no banner do bicentenário). Já da Anne, eu li Agnes Grey, mas achei muito fraquinho. Tenho muita vontade de ler A inquilina de Wildfell Hall, mas a única editora que publicou aqui no Brasil é a LandMark (e nessa enganação eu não caio mais!). Seria realmente muito bom que lançassem a tradução do livro mais polêmico das Brontë (eu assisti a minissérie e achei o máximo). E Shirley e Villete também. Será que essa editora que a Carolina falou vai publicar? Eu nunca tinha ouvido falar.

    Beijos e até mais!
    P.S.: Ah, a L&PM bem que podia fazer uma capa vintage para Jane Eyre, no estilo da coleção de Jane Austen.

    • Raquel Sallaberry

      Rebeca,

      seria muito bacana se L&PM ou outra boa editora resolvesse publicar a obra das Brontës. Quem sabe um dia, não é?

  • pat

    Jane Eyre aqui, que honra \o/!
    Li o seu texto de 2009 sobre Charlotte x Jane e ri muito aqui, realmente pode ter sido só um caso de orgulho ferido, mas acho que Charlotte se excedeu demais em suas críticas. Não sei se ela chegou a ler Razão e Sensibilidade, mas acho que nesse caso ela deveria ter sido mais Elinor e menos Marianne.
    Ps: gostei tb de ver nos comentários daquele texto a Elizabeth Gaskell sendo mencionada, além dos livros de Jane Austen e de Jane Eyre, Norte e Sul é outro queridinho na minha estante. Tem espaço pra todas!

  • Júnior

    “Jane Eyre” está na minha lista há um bom tempo. Cogitei comprar a edição lançada pela BestBolso, mas agora acho que vou aguardar esta da L&PM. Ano passado, li “O Morro dos Ventos Uivantes”, de Charlotte, e gostei bastante. Que livro! “The Tenant of Wildfell Hall”, de Anne, também está na minha lista de desejos, mas nem passa pela minha cabeça comprar a única “tradução” lançada no Brasil.

    • Raquel Sallaberry

      Júnior,

      vale a pena esperar por uma boa tradução de The Tenant of Wildfell Hall, o livro é muito bom.

  • Nique

    curiosamente quando li P&P e Jane eyre li as traduções portuguesas, as brasileiras eram muito caras e difíceis de encontrar na época, então quando encontrei aquela coletânea que continha toda a obra das Bronte, Austen e Sir arthur da wordsworth eu me joguei né, não é muito portátil mas eu adoro ter todos os livros em um só, desde então nao me animo muito a ler nenhuma tradução dos clássicos, a nao ser é claro os russos rs. Sinceramente existem tantas traduções de Bronte, Austen, bem que poderiam traduzir Thomas Hardy, D. H. Lawrence, Evelyn Waugh, E. M. Forster, Fitzgeral, James Joyce…

    • Raquel Sallaberry

      Nique,

      quando penso nas traduções que não tem por aqui fico fazendo uma lista mental…