web analytics
LIVROS JANE AUSTEN,  MISCELÂNEA

Abrindo espaço para Jane. Eyre.

Deixo de lado a pirraça de Charlotte Brontë com nossa Jane (Austen) para dar uma notícia de outra Jane (Eyre).

A editora L&PM vai lançar no segundo semestre, na Coleção L&PM Pocket, Jane Eyre.

E daqui em diante passo o assunto para a Carolina do Leituras Brontëanas que tenho certeza tratará com competência devida o assunto.

UPDATE: Além de Jane Eyre mais novidades no Leituras.

Blog Leituras Brontëanas

Facebook Comments Box

8 Comentários

  • Rebeca Lima

    Jane Eyre é um dos meus livros favoritíssimos. O Morro dos Ventos Uivantes também. As irmãs Brontë eram geniais.
    A tradução que eu tenho de Jane Eyre é da editora Paz e Terra, e eu adoro. Já O Morro dos Ventos Uivantes, eu tenho a tradução da Rachel de Queiroz, daquela coleção que a Abril lançou há uns anos, que a capa é de tecido (essa da foto de Orgulho e Preconceito no banner do bicentenário). Já da Anne, eu li Agnes Grey, mas achei muito fraquinho. Tenho muita vontade de ler A inquilina de Wildfell Hall, mas a única editora que publicou aqui no Brasil é a LandMark (e nessa enganação eu não caio mais!). Seria realmente muito bom que lançassem a tradução do livro mais polêmico das Brontë (eu assisti a minissérie e achei o máximo). E Shirley e Villete também. Será que essa editora que a Carolina falou vai publicar? Eu nunca tinha ouvido falar.

    Beijos e até mais!
    P.S.: Ah, a L&PM bem que podia fazer uma capa vintage para Jane Eyre, no estilo da coleção de Jane Austen.

    • Raquel Sallaberry

      Rebeca,

      seria muito bacana se L&PM ou outra boa editora resolvesse publicar a obra das Brontës. Quem sabe um dia, não é?

  • pat

    Jane Eyre aqui, que honra \o/!
    Li o seu texto de 2009 sobre Charlotte x Jane e ri muito aqui, realmente pode ter sido só um caso de orgulho ferido, mas acho que Charlotte se excedeu demais em suas críticas. Não sei se ela chegou a ler Razão e Sensibilidade, mas acho que nesse caso ela deveria ter sido mais Elinor e menos Marianne.
    Ps: gostei tb de ver nos comentários daquele texto a Elizabeth Gaskell sendo mencionada, além dos livros de Jane Austen e de Jane Eyre, Norte e Sul é outro queridinho na minha estante. Tem espaço pra todas!

  • Júnior

    “Jane Eyre” está na minha lista há um bom tempo. Cogitei comprar a edição lançada pela BestBolso, mas agora acho que vou aguardar esta da L&PM. Ano passado, li “O Morro dos Ventos Uivantes”, de Charlotte, e gostei bastante. Que livro! “The Tenant of Wildfell Hall”, de Anne, também está na minha lista de desejos, mas nem passa pela minha cabeça comprar a única “tradução” lançada no Brasil.

    • Raquel Sallaberry

      Júnior,

      vale a pena esperar por uma boa tradução de The Tenant of Wildfell Hall, o livro é muito bom.

  • Nique

    curiosamente quando li P&P e Jane eyre li as traduções portuguesas, as brasileiras eram muito caras e difíceis de encontrar na época, então quando encontrei aquela coletânea que continha toda a obra das Bronte, Austen e Sir arthur da wordsworth eu me joguei né, não é muito portátil mas eu adoro ter todos os livros em um só, desde então nao me animo muito a ler nenhuma tradução dos clássicos, a nao ser é claro os russos rs. Sinceramente existem tantas traduções de Bronte, Austen, bem que poderiam traduzir Thomas Hardy, D. H. Lawrence, Evelyn Waugh, E. M. Forster, Fitzgeral, James Joyce…

Deixe uma resposta