The Austen Trio e um recital

O The Austen Trio é composto por Samantha Carrasco (piano), Kate Ham (harpa) e a soprano Helen Neeves. Todas são músicos profissionais e tem muitos anos de experiência como solistas e em conjuntos musicais.

O recital “The Musical World of Jane Austen” que estão apresentando neste ano é uma seleção de músicas que eram muito apreciadas e tocadas por Jane Austen e sua família. Essas músicas são todas oriundas do livro de músicas da família Austen que foi pesquisado  por Samantha Carrasco  como parte de seu doutorado. O programa do recital inclui obras de Haydn, Handel, Dussek, Cramer e compositores populares ingleses da época.

Tem um vídeo maravilhoso na página do Facebook que nos transporta para um mundo tão diferente da vulgaridade dos dias atuais que é um bálsamo. E que harpa linda! Seria a harpa de Miss Crawford? Jane Austen menciona harpas, além da Mansfield Park, em Persuasão, Orgulho e preconceito, Emma e Razão e sentimento.

The Jane Austen Trio página no Facebook

The Austen Trio - Samantha Carrasco (piano), Kate Ham (harpa), Helen Neeves (soprano)

The Austen Trio – Samantha Carrasco (piano), Kate Ham (harpa), Helen Neeves (soprano)

Musical Persuasion por Barbara Landis

Musical Persuasion, Barbara LandisEncontrei o vídeo deste musical Persuasion em julho deste ano e fiquei apaixonada pela música, dança e alegria da camaradagem dos oficiais da Marinha Real! Barbara Landis, mezzo soprano e diretora artística da Chamber Opera de Chicago, adaptou Persuasão em musical e partiu para nada menos que o Reino Unido para apresentações.

Algumas músicas são canções escocesas e irlandesas como Who Could Love Like an Irish Man e A Sailor’s Life e também dança irlandesa que vocês pode apreciar no vídeo. Não esqueçam que Lady Darlymple achou que o capitão Wentworth poderia ser irlandês.

No papel do capitão Wentworth está o ator Jeff Diebold, que achei bem simpático e descobri que faz um trabalho voluntário com cães. Pronto, podem se apaixonar!

Musical Persuasion, Barbara Landis e Jeff Diebold

FOTOS: divulgação

Possivelmente nem está mais em cartaz e dificilmente gravarão em DVD, mas pelo período que o YouTube mantiver o trailer disponível vocês poderão apreciar. Shal we dance?

Nuvem de Lágrimas no Fantástico

nuvem_lagrimasFiquei sabendo neste momento que os músicos Chitãozinho e Xororó foram em um ensaio do musical “Nuvem de Lágrimas”, que todos nós sabemos é inspirado livremente em Orgulho em preconceito., e esta visita surpresa será apresentada  hoje, 25 de outubro, no Fantástico.

Vamos lá conferir e ver se dão uma palhinha?

Musical Nuvem de Lágrimas | Estréia

O musical Nuvem de Lágrimas, livremente inspirado em Orgulho e preconceito, já tem data de estréia: 5 de novembro (2015) e será no Teatro Bradesco em São Paulo (endereço abaixo).

Para quem não é de São Paulo o grupo diz em sua página no Facebook:

Nuvem de Lágrimas, o musical o espetáculo deve viajar no ano que vem, mas não temos nenhuma cidade fechada ainda. Avisaremos por aqui!

  • Teatro Bradesco SP | Shopping Bourbon São Paulo – Rua Turiassu, – Piso Perdizes, 2100 – PerdizesSão Paulo/SP
  • Onde comprar os ingressos: na bilheteira do teatro ou no site Ingresso Rápido

Nuvem de Lágrimas, o musical

Mr. Darcy foi ao barbeiro

Para quem estava reclamando dos cabelos compridos de Gabriel Sater, futuro Mr. Darcy do musical Nuvem de Lágrimas, cá está moço cortando suas madeixas! Tem outras fotos na reportagem da Ego: “Gabriel Sater se despede dos fios longos e muda o visual para musical

Sim, sou da época que homens iam ao barbeiro onde, além de fazer a barba também cortavam os cabelos.

Mr. Darcy, Gabriel Sater

Foto divulgação

Entrevista com produtora de Nuvem de lágrimas

A entrevista com Anna Toledo produtora do musical inspirado em Orgulho e preconceito, Nuvem de lágrimas, foi publicada em abril deste ano e eu não havia visto. Quem me avisou foi a leitora Aline Tavares  – muito obrigada,querida!.

Um trecho sobre a trama do musical:

A trama se passa na zona rural de Santana do Ribeirão, uma cidade fictícia no interior de São Paulo, no início dos anos 90. As personagens e as situações serão familiares às plateias brasileiras: as Irmãs Borba vivem em um rancho com a mãe. O pai delas é caminhoneiro. Bete, a filha do meio, é a gerente da cooperativa agrícola local, mas seu sonho é ser cantora. O advogado Darcy trabalha para a maior fazenda da região, a Fazenda Jardim, e está sempre às turras com Bete e a cooperativa. Os dois logo descobrem que têm mais em comum do que gostariam de admitir, mas são muito orgulhosos para ceder e, se quiserem ficar juntos, terão que enfrentar os próprios preconceitos.

Entrevista completa feita pelo jornalistaDirceu Alves Jr. no site da Veja-SP, “Musical “Nuvem de Lágrimas” cruza os caminhos de Chitãozinho, Xororó e Jane Austen”.

Gabriel Sater, o novo Mr. Darcy brasileiro

Gabriel Sater será o protagonista de “Nuvem de lágrimas”, musical inspirado em Orgulho e preconceito. Imagino que muitos de vocês já conheçam Gabriel da novela da Globo, Meu pedacinho de chão, onde ele fez o papel do violeiro Viramundo.

Pois bem, sendo o protagonista só posso crer que ele será o novo Darcy brasileiro. O primeiro foi o nosso querido Guilherme Magalhães.

A reportagem completa está no jornal Correio do Estado (Campo Grande, MS): “Filho de Almir Sater protagoniza musical Nuvem de Lágrimas”.

Gabriel Sater

Musical Orgulho e preconceito | Chitãozinho & Xororó

Tentei falar com o diretor Luciano Andrey, via mensagem de Facebook, para maiores detalhes da notícia sobre o musical inspirado em Orgulho e preconceito e com músicas dos cantores Chitãozinho & Xororó, mas depois me dei conta que as mensagens dos não seguidores ficam na caixa “Outras” e podem se perder. Então decidi publicar e qualquer nova informação, atualizo o post.

ATUALIZAÇÃO: Luciano confirmou a produção para este ano ainda mas ainda não pode liberar maiores detalhes. Aguardemos!

E desde já peço, pelo o amor de Jane Austen, que Luciano troque o título (que é provisório), “Nuvem de lágrimas”, que não combina absolutamente em nada com Orgulho e preconceito! Please…

AGRADECIMENTOS: a querida dona Sonia que me avisou da nota que saiu na Folha Ilustrada.

MUSICAL INSPIRADO EM “ORGULHO E PRECONCEITO” TERÁ TRILHA SONORA COM CANÇÕES DE CHITÃOZINHO E XORORÓ
“As já conhecidas canções dos irmãos Chitãozinho & Xororó servirão de trilha sonora para um musical inspirado no clássico da literatura inglesa“Orgulho e Preconceito”, de Jane Austen, publicado pela primeira vez em 1813. A obra, que desde 1936 já ganhou diversas adaptações para a televisão e para o cinema, sendo a mais recente em 2005, chegará aos palcos com uma nova roupagem, usando como pano de fundo o interior do Brasil.
Com o título provisório “Nuvem de Lágrimas”, o espetáculo, que deve estrear em São Paulo e tem entre seus envolvidos o ator, cantor, versionista e diretor Luciano Andrey, está em processo de planejamento, e a dupla sertaneja ficou encarregada de colaborar na curadoria e na orquestração do repertório, que não deve deixar de fora sucessos como “Fio de Cabelo”, “Evidências”, “No Rancho Fundo”, entre outros.
Notícia no site A Broadway é aqui com créditos para jornalista Mônica Bérgamo, da Folha de São Paulo.

Jane Austen e Mozart

Para fãs e colecionadores de Jane Austen, que também apreciam Mozart, o livro Jane Austen e Mozart: Classical Equilibrium in Fiction and Music certamente é um achado.

Segundo a descrição do livro no eBay Virgínia Wolf já havia percebido afinidades entre a arte de Jane Austen e a de Mozart, mas foi somente em 1983 que Robert K. Wallace comparou de forma detalhada o estilo artístico e trabalhos individuais da escritora e do compositor. As comparações foram entre¹:

  • Orgulho e preconceito e Piano Concerto nº 9
  • Emma e Piano Concerto nº 25
  • Persuasão e Piano Concerto nº 27

Jane Austen e Mozart

A primeira página do capítulo quatro para quem entende de música e certamente apreciará o livro para além da curiosidade e da necessidade de colecionar tudo que se refere à autora.

Jane Austen e Mozart

Fonte

¹ JSTOR

Sense and Sensibility | Musical

Ontem, o musical Sense and Sensibility teve sua noite de estréia em Denver. Sei que só passamos vontade quando encontramos anúncios de peças de teatro e musicais de Jane Austen mundo afora, mas não posso deixar de registrar.

ELENCO & PRODUTORES

  • Elinor Dashwood | Stephanie Rothenberg
  • Edward Ferrars | Nick Verina
  • Marianne Dashwood | Mary Michael Patterson
  • John Willoughby | Jeremiah James
  • Coronel Brandon |  Robert Petkoff
  • Texto: Jeffrey Haddow
  • Música: Neal Hampton
  • Direção: Marcia Milgrom Dodge

Mais fotos no Broadway World.

Musical Sense and Sensibility