O primeiro Jane Austen de Laura

O primeiro Jane Austen de Laura, minha sobrinha-neta que chegou em março, é A pequena Jane Austen – Orgulho e preconceito, da coleção de pequenos autores publicada pela Nova Fronteira com texto de Jennifer Adams, ilustrações de Alison Oliver e tradução de Janaína Senna.

Quando Laura estiver maior e já mordendo livros, pois é assim que entramos no mundo da literatura, prometo novo post com ela e sua biblioteca. Sim, ela já tem uma biblioteca que herdou da mãe e agora começa a ganhar novas edições.

Se alguém tiver indicações de livros para bebês em espanhol, por favor me avise pois vamos precisar também. Até o momento tenho apenas o maravilhoso El rey que se equivocó de cuento de Antonio Granados mas é para crianças maiores.

PS: Agora vocês já sabem quem é mais nova dona do meu tempo!

O primeiro livro de Jane Austen de Laura

O primeiro livro de Jane Austen de Laura

Adaptações infantojuvenis da obra de Jane Austen

A Biblioteca Jane Austen já tem a disposição para pesquisa alguns exemplares sob a tag infantojuvenis. Os primeiros livros classificados sob essa tag foram as adaptações brasileiras de Razão e sensibilidade, de autoria de Lidia Cavalcante-Luther e Orgulho e preconceito de mais três autores: Paulo Mendes Campos, João Paulo Roriz e Dionísio Jacob.

A de Dionisio Jacob faz parte da coleção Três por Três, que em cada exemplar traz a adaptação de dois clássicos e um contemporâneo escrito pelo adaptador. Junto de Orgulho e preconceito de Jane Austen temos Eugênia Grandet, de Honoré de Balzac, e Vampíria de Jacob, classificado como Três Famílias.
Adaptações infantojuvenis da obra de Jane Austen