Orgulho e preconceito em português no teatro brasileiro

Esta semana recebi um presente muito especial: a peça Orgulho e preconceito do Grupo Fora de Foco. Rever a peça foi um alegria pois com o teatro só podemos contar com nossa memória e confesso que a minha não está terrível.

Assistir os depoimentos dos bastidores nos dá a dimensão do imenso trabalho que é montar uma peça, da parte técnica aos relacionamentos pessoais. Sim, há muito de pessoal. Trabalhar no teatro não é gravar e ir embora, é conviver por muito tempo.

Rodrigo Haddad, que traduziu, adaptou e também atuou no papel do senhor Bennet, pensou em fazer uma versão mais moderna da peça, mas o grupo conversou e acabou optando por uma apresentação clássica, de época. Rafael Leandro, diretor da peça, também conta como ficou surpreso com a quantidade de público, pois imaginava que por ser de época teriam menor audiência.

Ontem conversei com o Rodrigo para saber se tinha conhecimento de alguma outra montagem de textos de Jane Austen no teatro brasileiro. Ele desconhece e lembrou apenas que há uns quatro anos atrás foi montado um musical em inglês, também na Cultura Inglesa, de Pride and Prejudice*. Portanto, até o momento, o Grupo Fora de Foco tem primazia de ter montado Jane Austen em português no (e do) Brasil!

Meus queridos, muito obrigada pelo presente e pelo carinho! Que o Grupo Fora de Foco continue a apresentar não só Jane Austen, mas muitos outros textos da extraordinária literatura inglesa, e com muito sucesso!

* Este musical será comentado em outro post.

9 comentários sobre “Orgulho e preconceito em português no teatro brasileiro

    • Raquel Sallaberry disse:

      Leticia,

      não sei, pois está assinado somente como o Grupo. Mas que são uns doces, isso é verdade.

  1. Júnior disse:

    Se este é um dos conteúdos dos pacotes do outro post, a curiosidade foi em grande parte satisfeita. Que bacana, Raquel! Muito sucesso ao Grupo Fora de Foco.

  2. Luciana Queiroz disse:

    Bem, que eles poderiam colocar à venda este DVD, aposto que muitas fãs comprariam com prazer.

    Eu gostaria muito de ter assistido a peça, mas me contentava com o DVD também.

Os comentários estão desativados.