Jane Austen não é romântica, por Claire Scorzi

Achei este ótimo vídeo sobre Jane Austen – em português, o que é raro! – de autoria de ClaireScorzi.

Um dos pontos principais do vídeo é algo que sempre comentamos aqui no blog, Jane Austen não é uma escritora romântica, o que Claire coloca muito bem.

12 comentários sobre “Jane Austen não é romântica, por Claire Scorzi

  1. Fernanda Huguenin disse:

    Adorei o video, e tenho certeza de que o fato da
    Jane ter criado personagens “não-românticos” ajuda muito
    a diferenciar seus livros tornando-os encantadores para várias
    geração de leitores. Afinal protagonistas (tanto damas e cavalheiros) fortes são os melhores 🙂

    • Raquel Sallaberry disse:

      Fernanda,

      sim, personagens fortes e críveis. Nada de exageros, simplesmente confiáveis.

  2. Isabel disse:

    MUUUUITO bem colocado… Jane Austen é realmente bem mais do que um simples romance.

    • Raquel Sallaberry disse:

      Isabel,

      Claire colocou os romances de Jane Austen com muita clareza.

  3. Cris disse:

    Amei o vídeo, gosto muito porém nunca imaginei as obras de Jane Austen desta forma, e a Claire explica muito bem, de agora em diante sempre que reler prestarei mais atenção. Adorei.

    • Raquel Sallaberry disse:

      Cris,

      a cada leitura vamos nos dando conta dos detalhes da obra de Jane!

  4. Mell disse:

    Muito bom o vídeo!! Essa questão de chamarem a Jane de autora romântica sempre me irrita!!

  5. Fernanda Huguenin disse:

    Acho interessante que a Claire citou Anne Elliot como uma
    personagem quase romântica, mas não mencionou a Marianne Dashwood,
    que durante uma boa parte do “S&S” tinha as caracteríticas de
    heroína romântica: achava que o amor verdadeiro surgia uma única vez na vida,assim que ficou evidente que Willoughby nunca se casaria com ela, entrou em uma grande tristeza e melancolia, que a levou a ter um grande descuido com sua saúde, a ponto de ficar gravemente doente (quase morrer)!

    Mas depois ela viu a besteira que fez,e amadureceu suas ideias e quis dar uma 2ª chance ao amor, escolhendo alguém merecedor.

    • Raquel Sallaberry disse:

      Fernanda,

      li os comentários da Claire no You Tube onde ela diz que muito ficou a ser comentado.

      • Fernanda Huguenin disse:

        Eu entendo que ela não podia colocar muita coisa,por causa da duração do video, mas acho que a Marianne se encaixa melhor no exemplo de heroina quase romântica da Jane do que a Anne 🙂

  6. Claire disse:

    Meninas,
    Gostaria de esclarecer que o exemplo dado no video de heroínas de JA que sofrem após amarem o homem errado e que depois dão seu coração a um segundo homem é justo retirado da personagem Marianne. Ela sofre muito, mas como digo no vídeo – ela não morre, nem vai pro convento, nem se suicida… etc. Aquilo que em geral heroinas romanticas fazem.
    Anne é quase romantica porque ela nunca deixa de amar Wentworth.
    Raquel, obrigada pela divulgação do vídeo 🙂

Os comentários estão desativados.