Jane Austen coleção Signature Editions

Minha coleção Jane Austen da Signature Editions chegou semana passada. Sim, é linda! E para quem perguntou, sim, é capa dura mas tem uma jaqueta em papel ilustrado (segunda foto) o que talvez dê aparência de capa mole. Em breve as capas estarão na Biblioteca Jane Austen com imagens mais detalhadas com créditos de imagens.

Detalhe: consta na página de crédito dos livros, escrito em português, que é uma edição para a editora Saraiva, mas os livros são todos em inglês. Digo isto pois no primeiro post que fiz sobre esta coleção mencionei que era uma coleção da Barnes and Noble, o que consta também no site da livraria. Enfim, é só um detalhe e o que importa é que ainda estão à venda no site da livraria Saraiva.

Este foi um dos presentes Jane Austen de Natal, mas nem conto para vocês que ontem fiz outra pequena extravagância. Contarei no ano que vem!

Coleção Jane Austen Signature Editions

Coleção Jane Austen, Signature Editions

Primeiras traduções brasileiras de Jane Austen

Como vocês já sabem estou montando com meu acervo site Biblioteca Jane Austene ontem cadastrei os seis livros completos da autora em suas primeiras traduções no Brasil. E com um detalhe, exceto por Mansfield Park, todos são primeiras edições o que os torna muito especial.

Aqui está lista, por ordem de ano de publicação, das primeiras traduções dos seis livros de Jane Austen no Brasil:

  • Orgulho e preconceito, tradução de Lúcio Cardoso feita em 1940. Esta tradução é a primeira de Jane Austen no Brasil. A capa é triste, da cor a tipografia!
  • Mansfield Park, tradução de Rachel de Queiróz feita em 1942. Note-se que meu exemplar da foto já é da segunda edição de 1958. Algo que me intriga é o fato de Mansfield ser a segunda escolha das traduções de Jane no Brasil, pois normalmente é deixada por última e em alguns casos nem é publicado.
  • Razão e sentimento, tradução de Dinah Silveira de Queiróz feita em 1944. A edição é em capa dura e meu exemplar está frágil demais.
  • A Abadia de Norhtanger, tradução de Lêdo Ivo feita também em 1944. Outra escolha diferente pois junto de Mansfield a Abadia é dos menos publicado.
  • Persuasão, tradução de Luiza Lobo feita em 1971.
  • Emma, tradução de Ivo Barroso feita em 1996 foi a última das traduções dos seis livros principais de Jane Austen no Brasil.
  • Austen primeiras traduções brasileiras

Jane Austen e Black Friday

Nunca havia comprado ofertas no Black Friday pois sempre que procurei Jane Austen nessas datas predomina o que há de pior. Sem contar que a maioria não é oferta, é pura enganação. Mas como tudo tem exceção lá estava eu feito alma penada online e já estava com o dedinho para sair da Saraiva quando vejo o exemplar de Persuasion da coleção Signature (Barnes and Noble), que estou namorando faz mais de ano. Por 10,90! Pensei, é ebook (bocejos…). Olhei de novo. Não é ebook! Sai da frente que vou pegar um carrinho! Já mais calma com o meu Persuasion no carrinho resolvi continuar o passeio. Resumo da história,, comprei a coleção completa. Seis livros por 58,90.

O link para os livros: Jane Austen na Saraiva – OBSERVAÇÃO só os livros com a tarja de desconto.

Para dar água na boca: foto da lombada da coleção de minha querida Mell Siciliano.

col_signature

Muito obrigada, L&PM!

Emma, da editora L&PM, chegou hoje aqui em casa. Muito obrigada, L&PM! Agradeço em meu nome e no de todas a leitoras e leitores do Jane Austen em Português.

Me emocionei do mesmo modo quando em fevereiro de 2009 fiz um pedido em nome de todos leitores:

Nós, fãs de Jane Austen, gostaríamos muito de ter (pelo menos) a coleção dos seis livros completos da autora, em formato livro de bolso, a preços verdadeiramente populares. As traduções existentes são raras, às vezes mal-feitas, quando não plagiadas e com preços altos. […] Texto completo: Post aberto à L&PM Editora

E prontamente recebi uma resposta positiva, assinada por Ivan Pinheiro Machado, editor e proprietário da L&PM. Muito obrigada, Ivan!

Meu muito obrigada também para a equipe da editora que sempre me atendem com profissionalismo e carinho.

Coleção Jane Austem L&PM

Mrs. Croft, a eterna namorada

Já escrevi aqui e torno a repetir, uma das minhas personagens favoritas de Jane Austen é Sophia Croft de Persuasão. Ela é irmã do capitão Wentworth e casada com o almirante Croft.

Sofhia Croft é uma mulher despachada e amorosa. Ela acompanha o marido em suas viagens e enfrenta com objetividade as adversidades da vida no mar.

Em uma reunião na casa dos Musgroves, no capítulo 8, ela afirma que sempre teve uma ótima saúde e que a única vez que esteve doente, de corpo e alma, foi quando ficou em terra durante uma viagem que o Almirante fez pelos Mares do Norte, nesse período ela vivia sempre com medo e sentia todos os tipos de doenças imaginárias e conclui,

[…] mas desde que pudéssemos estar juntos, nada me afligia e nunca me deparei com menor inconveniência.

Bela declaração de amor, depois de tantos anos de casados, vocês não acham?

Mrs. Croft

Fiona Shaw, como Sophia Croft em Persuasão, 1995

Carnaval Jane Austen – Fim de festa

Finalmente chegaram meus últimos presentes de carnaval: The Annotated Pride and Prejudice e The Annotated Persuasion, ambos editados e anotados por David M. Shapard e publicados pela Anchor Books, que faz parte da Random House.

Não estava nos meus planos comprar esses livros tão cedo pois são relativamente caros e tenho muitos outros que estão na lista de prioridades. Mas o ótimo preço na Estante Virtual e o dólar pela hora da morte, que me dificultaria muito comprar no exterior, foram imperativos para justificar a compra. E mais um detalhe eu já havia comprado para ler no Kindle Emma e Sense and Sensibility, que aliás continuam com ótimo preço no formato digital na Amazon.

Foi um bom Carnaval. Até o próximo!

Jane Austen Annotated

Paro tudo quando Jane chega!

Estou correndo para deixar tudo acertado antes de viajar mas quando Jane chegou, parei! E para piorar fiz essa foto quase sem luz para vocês…

Mas vou contar rapidinho, o caso deste exemplar de Persuasion. Comprei na Estante Virtual contando com a sorte. Foi uma jogada no escuro, pois para não variar poucos livros trazem a capa estampada no site e isso quando não colocam uma genérica e você compra é outra coisa. Nosso mercado livreiro tem um longo caminho para percorrer em termos de eficiência.

Mas tive sorte com edição que é completa e tem essa linda capa, apesar de ser da época errada. Foi publicada em 1966 pela Airmont. Detalhe: como não tinha imagem da capa na Estante Virtual, mas constava o ano de publicação, procurei na AbeBooks e achei alguns. Comprei na Estante e fiquei rezando para que fosse esse da Armont. Preces atendidas!

Persuasion, Armont Classic, 1966